quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Apenas não entendo.



Há certas coisas que não faz sentido. Coisas que não entendemos. Não posso definir o indefinido. Ou não posso admitir o que escondo?

Tentei ao máximo que pude para não te dar o meu sim, que por trás vem o teu não.

Não sei o que há ainda. Ou será que não quero?

As vezes não entendo as pessoas e suas atitudes. E em outras vezes... não entendo outras pessoas e a "nenhuma" (falta) atitude. Afffff ... quando será que vou entender? Tenho a sensação de que preciso entender tudo pra conseguir mudar algo. Mas o que mudar quando não se sabe o que realmente acontece?!?

As vezes... é apenas isso. Apenas não entendo.

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Retrô



Estou num momento de retrospectiva. Revendo tudo o que aconteceu nesse mais uma ano que se finda... tem tanta coisa! Estou ainda sem palavras, espero que em alguns dias eu volte aqui com as idéias em ordem rsrs.

Este Natal me reserva algumas surpresas... uma partida, uma chegada, uma aproximação, um distanciamento, carinhos diferentes, muito calor muito e pouco calor humano...rsrs. São tantas lições...

Mas sinto brutalmente saudade daquele espirito de Natal, o verdadeiro motivo da data. Aquele sentimento que fez tantas histórias nascerem... sim! aquelas histórias que eu gostava de ler, ouvir e assistir quando criança. Sabe, sobre papai noel, sapatinho na janela, árvores gigantes e enfeitadas, mesa posta, família grande, todos unidos pela magia do espirito natalino. CadÊ????????????? Sinto falta.

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

O que é inferno astral?


O período conhecido popularmente como "Inferno Astral" é o mês que antecede o aniversário de alguém. Nesta época, muitas pessoas acreditam viver momentos de angústia, depressão ou até mesmo azar, atribuindo as turbulências a alguma configuração astrológica misteriosa. Será que ela realmente existe e é mesmo inevitável?

Existem algumas explicações para entender estes trinta dias temidos antes da inauguração de uma nova idade. O aniversário nada mais é do que o marco de um novo ciclo solar na vida de uma pessoa, ou seja, o Sol passa pelo mesmo ponto do Zodíaco que estava quando ela nasceu, sinalizando uma nova etapa para a sua consciência. Os dias que antecedem esta renovação são exatamente os últimos do ciclo anterior que a consciência vinha atravessando.

Cid de Oliveira lembra que os ciclos representam na Astrologia os estágios de todo e qualquer processo de desenvolvimento e que "o final de um ciclo" se caracteriza por ter uma qualidade de tempo marcada pela agitação, mudança, instabilidade e desordem, somadas à insegurança em relação ao futuro que está por vir. "Isto acontece porque é no final do ciclo que se esgotam as possibilidades de expressão existentes no seu início e manifestam-se os resíduos responsáveis por sua dissolução. Em suma, o tempo que antecede imediatamente o final de qualquer ciclo caracteriza-se pela desordem e pela inversão dos valores admitidos no seu início", explica.

Pela técnica da revolução solar, cada mês do ano, a contar a partir da data do aniversário, corresponde a uma determinada casa astrológica ou setor prático da vida de uma pessoa que estará sendo vivido mais intensamente. Assim, no primeiro mês a partir do aniversário, vive-se de forma enfática a casa 1: a pessoa fica mais centrada em si mesma e em seu comportamento. O décimo segundo e último mês do ano corresponde à casa 12, trecho do mapa que analisa os sacrifícios e doações que uma pessoa deve fazer aos outros, sem esperar recompensas para isto.

Segundo o astrólogo Eduardo Maia, o "Inferno Astral" só acontece quando não percebemos que precisamos sair do palco para contemplar mais o mundo e nos desapegarmos, em benefício daqueles que precisam de uma ajuda emocional ou prática. "É um período de ser instrumento para o bem dos outros e não estar tão preocupado com causas próprias", afirma. Como isto geralmente não acontece, vem a angústia, o vazio e a sensação de desorientação.

Apesar de não ser uma força misteriosa desenfreada como muitos imaginam, existem explicações simbólicas consistentes para a crise do último mês de uma idade, mas isto não significa que acontecerão apenas coisas negativas na vida de alguém ou que seja impossível lidar bem com este período de transição. Todos têm livre-arbítrio e podem, ainda mais compreendendo o ciclo no qual estão inseridos, dedicarem este momento à reflexão e avaliação da etapa terminada, preparando-se sem tantos atropelos para a próxima.


Roberta Tótora é editora do site Porto do Céu.


Resolvi postar essa reportagem pq estou me sentindo no inferno astral, tomara que domingo tudo essa "nhaca" já tenha desaparecido uhauauahaha, pois segundo os calculos astrológicos o meu inferno astral termina no sábado.

Sagitário (11.12.1979)
*Inferno Astral: 11 Nov/ 11 Dez
**Paraíso Astral: 11 Maio / 10 Junho

Interessante né, bom como uma boa sagitariana e espirituosa, não poderia duvidar desse mundo astrológico. Mas deixo claro que minha fé em Deus é maior que qq coisa.

Ps.: Estou no período de balanço anual, aquele tão famoso balanço de fim-de-ano, com direito a listinha de promessas e desejos para 2011... Alguém tem alguma dica??? Estou aberta. Bjs!

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Viver... pode ser surpreendente!

Pois é... como o titulo do post diz, é surpreendente viver. Vc nunca sabe o que vai encontrar pelo caminho, mas é sempre gratificante caminhar...!!!

Hoje fiquei contente pela proximidade de uma pessoa. Adorei almoçar com uma amiga. Trabalhei muito, mas em paz. Na faculdade... com os ânimos alterados por conta do TCC eu me alterei um pouquinho, mas eu sempre acho o desabafo espontâneo a melhor opção!?! No caminho de volta pra casa... encontrei uma pessoa que há muitos anos atrás eu tive oportunidade de dar uma chance de trabalho. Ele era aquela pessoa com potencial, mesmo que tímido e não tão transparente, eu confiei no meu sentido e o ajudei... e puts! hoje ao vê-lo na mesma empresa (ainda) e tendo tido promoções de funções, me orgulhei. Fiquei imensamente feliz por ele!!! Primeiro pelo carinho que eu tenho para com ele, segundo por ele ser uma pessoa humilde e batalhador, ele merecia mesmo! Puxa... sabe aquela alegria de vc ver alguém feliz e prósperando? Puts! Que sentimento mais gostosooo =D as pessoas deveriam experimentar essa sensação com frequência... quem sabe estaríamos mais próximos da verdadeira humanidade!?

Alegre por ver alguém feliz... é um presente que dinheiro nenhum no mundo pode comprar!

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Palavras para mim...!

Como eu sou uma criatura cabeça-dura em alguns momentos e sobre alguns assuntos, este post é dedicado ao meu lado que quer se abrir e aprender, aquele lado que quer ter a chance que o outro empaca, se é que alguém consiga entender meus pensamentos, o meu lado burro tem me impedido de fazer coisas e o lado inteligente quer salvar o pouco que resta... abri meu e-mail e dei de cara com essas palavras, na boa... era o tapa na cara que faltava.

Não se esconda mais, nem viva na ilusão, o mundo pede atitudes diante de cada situação. A vida cobra respostas, e se esconder, é deixar o seu barco seguir sem rumo, é entregar a direção dos seus sonhos, é esperar pelo que não vai acontecer... Não se deixe levar pela aparência do problema, nem se espante com o tamanho da decisão a ser tomada, dê a sua opinião firme e forte, não se intimide não se esconda atrás do medo, revele-se. Não permita que os outros escolham por você, não se deixem levar pelas chantagens emocionais, as emoções são bumerangues que vão e voltam, só o que fica é o peso das suas escolhas. Hoje o dia está radiante, com chuva ou com sol, é mais uma oportunidade de viver a alegria, ainda que com poucos recursos, ainda sem aquele sonho realizado por completo, ainda em meio aos problemas diários, mas, cheio da certeza de dias melhores, cheio de esperanças e conquistas. A vida é um convite para ser feliz! Todo o dia, em todos os momentos Deus se revela nos detalhes, nas sutilezas, e convida cada um a seguir o seu caminho, onde brilha a compreensão, a fé e o amor. Siga-o!

Porque tem medo de se entregar às emoções? Por isso controla tudo o que está à sua volta e vai criando muros e mais muros para se proteger daquilo que por vezes até pode ser muito bom. Isso te soa bem familiar? Não tenha medo de descobrir ou aprofundar emoções, e perder o controle da situação que por vezes, é tão libertador. Felicidade é saber aproveitar todos os momentos como se fossem os últimos. (Lea Waider)




Depois de tudo... reflito e chego a conclusão que ainda existem muitas emoções a serem experimentadas, vividas, degustadas, arriscadas e sentidas.
Beijos. Boa semana à todos nós.

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Estou feliz pq mais um ser faz parte da família! Pois é nasceu essa semana mais um sobrinho, o Bruno. Todos alegres com a chegada dele.

Bom, passei 3 dias dentro de casa! Afff como cansa, mesmo q passe tão rápido! Eu juro eu até tentei sair ontem de casa... mas ganhei um cano. Enfim, quase mofei dentro de casa. Sem ter muitas coisas a fazer, gastei um pouco do meu tempo assistindo filmes e na net... Algumas pessoas sempre surpreendem a gente naquele orkut! É tão complicado esse lance de vc ter uma página virtual e querer ter privacidade ou que ninguém chegue perto, pior ainda é vc dizer que é amigo por cordialidade e no fundo no fundo... a verdade é outra. Lamento por algumas pessoas. Mas, eu como estou de fora disso e tranquilis... fico surpresa apenas. Quanto aos filmes, puxa! só filme bonito, sabe daqueles de tão lindo ter vontade de chorar?! E chorar... pô! Quanto choreiii. E também refleti sobre um monte de coisas.
Uma delas é que a "família" já não é mais tão forte como antes, até pq hoje em dia as pessoas tem o medo de amar. Grande verdade que as vezes me sinto inclusa nessa maioria, e isso é tbém lamentável. Cadê o Amor entre os sers humanos meu Deus???




"O caminho da vida pode ser o da liberdade e da beleza, porém nos extraviamos.

A cobiça envenou a alma dos homens... levantou no mundo as muralhas do ódios... e tem-nos feito marchar a passo de ganso para a miséria e morticínios.

Criamos a época da velocidade, mas nos sentimos enclausurados dentro dela. A máquina, que produz abundância, tem-nos deixado em penúria.

Nossos conhecimentos fizeram-nos céticos; nossa inteligência, empedernidos e cruéis. Pensamos em demasia e sentimos bem pouco.

Mais do que de máquinas, precisamos de humanidade. Mais do que de inteligência, precisamos de afeição e doçura. Sem essas virtudes, a vida será de violência e tudo será perdido."

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Lorotas da minha vida...rs.


Bom... é fato que fiquei distante por um tempo. Na verdade, por estar sem tempo. Pq estar aqui (mesmo sabendo que recebo pouquissimas visitas) é uma terapia! Vou fazer uma retrospectiva dos últimos momentos vividos... hehehe. Assim até eu reflita melhor sobre eles.

Tive momentos sugadores de energia na faculdade. Mas tive a clareza de saber que vale cada gota de esforço! Afinal, estou cursando o que eu sempre quis. Nenhum estágio, tcc, e mil e umas coisas mais me desanimam... pq não estou fazendo uma faculdade, estou realizando um antigo sonho!!!

No trabalho, acho que tenho andado muito desanimada. Talvez seja cansaço ou mero tédio pela mesmice cotidiana, mas talvez seja a falta de organização e má administração pública que me irrita... ou ainda seja a ausência total de perspectivas futuras. É tão triste vc se dedicar todos os dias pra um lugar ou pra pessoas que nunca sentirão sua falta ou que nunca te darão oportunidades... Mas, nesse meio tempo isso me fez acordar! Estava me tornando explosiva demais e resolvi procurar ajuda, acertei logo de cara, investi num médico fora de série e hoje trato com homeopatia a minha ansiedade, meus desequilibrios emocionais. Com certeza eu já senti grande diferença! Mas estou sim sendo disciplinada com o medicamento (que mais parece docinho uhauhauha). Ainda falando nisso, confesso que o que mais me surpreendeu é que eu consegui melhorar meus ataques de nervosismo sem perder minha personalidade, aquela geniosidade continua presente... mas está cada dia mais branda! Feliz por essa superação.

Tenho ouvido muito Jorge e Mateus, e cada dia fico mais apaixonada pela energia deles. Ouço as mesmas músicas dia e noite... e não canso. Parece que funciona como injeção de ânimo e nem ligo que algumas letras são consideradas "pra baixo" eu só vejo musicalidade e apesar deles serem lindos de morreeer, o que me prende a eles é a personalidade que eles emprestam ao ritmo, são particularidades tão íntimas que eles expressam na dupla que me impressiona. Não tem como não dizer que sou fã. Amo noite e dia!

No quesito coração, a história muda um pouco... Depois de uma brutal realidade, passei dois anos sozinha até que encontrei um certo rapaz que me fez acreditar em contos de fadas. Mas, a verdade nua e crua da realidade como ela é... me mostrou o quão imaturo ele era, mais uma vez um fiasco amoroso. Depois dele... até agora não me relacionei mais. Até porque eu tinha feito uma promessa sérissima com Deus a respeito disso, mas, acontece que o coração da gente parece criança birrenta... rs. Andei me apaixonando, e já falei dele algumas vezes nesse blog, a questão é que ele é aquele sonho lindo que nos dá a sensação de ser alto demais... aí vc quer manter os pés no chão pra não se machucar, pra não correr o risco de bater com a cara no chão e ter que admitir que nada passou de uma ilusão... pois é, ele me provoca e é sempre, não sei se faz isso sem querer ou por querer, mas a verdade é que em mim jorra uma paixão exagerada por essa pessoa e isso me assusta. Eu não o tenho, mas morro de medo do dia em que ele realmente for embora, quando eu não mais tiver aquele olhar, aquele sorriso... o que vai ser de mim???
Em meio a esse turbilhão de sentimentos, me vi forçada a agir rápido para tirar o foco total em cima do que ele despertava (e ainda desperta) em mim. Havia uma pessoa nova no meu dia-a-dia, e que serenamente foi me conquistando, chamando minha atenção... decidi que pensaria mais nele! Tão inocentemente eu me joguei na beira do precipicio!?! Quando eu poderia imaginar que acabaria com os dois sendo "o foco"?!? O primeiro eu apelidei de chuchu (pq ele é um chuchuzinho, e nada a ver aquela expressão que chuchu não tem gosto! Ele têm todos os gostos e cheiros do melhor uahauhhahaha) e o segundo de anjo (por causa do nome)... enfim, pra tentar esquecer o chuchu me meti numa enrascada por causa do anjo, e no final acabei com os dois na cabeça! Estou mais confusa do que nunca!!!!! São sentimentos distintos... mas tão latentes! Meu coração está um trapo... coitado! Mas quem mandou ser tão birrento. Não custava ser um pouco mais resistente? Ou não? Aiaiaiaiai será que estou pirando? só poooode.

Nessas duas últimas semanas... descobri que tenho gosto em ser boa amiga, irmã, filha, tia, colega, aluna e até funcionária. Mas... mais que tudo, embora não correspondida, gosto de saber que quando eles estão sozinhos lá só com eles... eu passo pelo pensamento deles. Coisa de louca, mas é exatamente assim que eu gosto de viver! Sem muitas medidas, regras ou conceitos. Gosto de ser inexplicável.
Gosto do que me tira o fôlego. Venero o improvável. Almejo o quase impossível. Meu coração é livre, mesmo amando tanto. Tenho um par de asas que nunca deixo. Às vezes, quando é tarde da noite, eu viajo. E - sem saber - busco respostas que não encontro aqui. Bonito mesmo é essa coisa da vida: um dia, quando menos se espera, a gente se supera. E chega mais perto de ser quem - na verdade - a gente é.

E foi assim, e se for pra ser será...

terça-feira, 9 de novembro de 2010

Selinho




Selinho recebido de uma querida amiga, Sheila: http://antesqeumeesqueca.blogspot.com/
Obrigada!!!

Eis as regras inclusas no selo:

- Exibir a imagem do Selo no Blog
- Exibir o link do blog que você recebeu a indicação
- Escolher 05, 10, 15 ou 30 blogs para dar a indicação e avisá-los.


http://silvinhahba.blogspot.com/
http://giordanaazzi.blogspot.com/
http://anagiovanna.blogspot.com/
http://arquivandoospensamentos.blogspot.com/
http://cinthiamalhacao.blogspot.com/

quinta-feira, 4 de novembro de 2010

SINAIS DE AMOR

Quando a gente quer mudar

Sinais de Amor

14 Bis
Composição: Sérgio Vasconcellos/Cláudio Venturini/Lô Borges

Hoje é dia de encontrar o amor
Faça acontecer
Você sabe tudo vai mudar
No seu coração
Vai buscar naquela estrela
A sua luz
Você sabe muito bem

Quando a gente quer mudar amor
Faz acontecer
Não espera o dia clarear
Faz amanhecer
O amor está mandando
Os seus sinais
Você sabe muito bem

Quem vem mudar
Chegou pra te acompanhar
Sinais de amor
É tudo que a gente quer
Viver é bom
Viver sem medo de errar
E a vida passa em um segundo

Hoje é dia de encontrar a paz
No seu coração
Navegando no imenso mar
Do que somos nós
Vai buscar naquela estrela
A sua luz
Você sabe muito bem

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Pq o mundo não pára!


Mesmo quando tudo pede um pouco mais de calma Até quando o corpo pede um pouco mais de alma A vida não para Enquanto o tempo acelera e pede pressa Eu me recuso faço hora vou na valsa A vida é tão rara Enquanto todo mundo espera a cura do mal E a loucura finge que isso tudo é normal Eu finjo ter paciência O mundo vai girando cada vez mais veloz A gente espera do mundo e o mundo espera de nósUm pouco mais de paciência Será que é o tempo que lhe falta pra perceber Será que temos esse tempo pra perder E quem quer saber A vida é tão rara (Tão rara) Mesmo quando tudo pede um pouco mais de calma Até quando o corpo pede um pouco mais de alma Eu sei, a vida não para (a vida não para não) Será que é tempo que me falta pra perceber Será que temos esse tempo pra perder E quem quer saber A vida é tão rara (tão rara) Mesmo quando tudo pede um pouco mais de calma Até quando o corpo pede um pouco mais de alma Eu sei, a vida não para (a vida não para não...) (Lenine - Paciência)

domingo, 31 de outubro de 2010

Não me faça esperar -Oficial (Ivete Sangalo)



Esse vídeo consegue dizer um pouco da energia que estou sentindo... um mix de sentimentos envolvido em muito carinho pela vida e esperança de dias melhores!
A cantora é linda, um mulherão que eu admiro, a voz e a letra fantásticas.

Boa semana a todos!!!

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Nunca parti... mas estou sempre de chegada!

Então, fiquei ausente algum tempo. Tenho trabalhado muito como sempre, mas agradeço por nunca faltar a minha marca registrada: a gargalhada. As vezes, acho que não vou aguentar... mas, quando vejo já superei. Tenho tido tempos difíceis na facul mas me sinto muito feliz por estar exatamente no curso que eu sempre quis! Olha só como Deus é maravilhoso na minha vida... parece que não tenho nada, e talvez não tenho mesmo...rs, mas no fundo eu tenho o suficiente pra me sentir feliz em dias que nada acontece. Faltam algumas coisinhas, tipo ganhar mais e viver um grande amor (aquele pra vida inteira!)... mas já me sinto afortunada. Quer mais um motivo? Mesmo sem inspiração, sem um assunto pra falar, adoro estar aqui. E senti saudades nesses dias em que não consegui estar a deixar minha letras soltas por aqui...rs.

Pra dar um toque especial... vai um pouco de Cecília.


"Ou se tem chuva e não se tem sol
ou se tem sol e não se tem chuva!

Ou se calça a luva e não se põe o anel,
ou se põe o anel e não se calça a luva!

Quem sobe nos ares não fica no chão,
quem fica no chão não sobe nos ares.

É uma grande pena que não se possa
estar ao mesmo tempo em dois lugares!

Ou guardo o dinheiro e não compro o doce,
ou compro o doce e gasto o dinheiro.

Ou isto ou aquilo: ou isto ou aquilo . . .
e vivo escolhendo o dia inteiro!

Não sei se brinco, não sei se estudo,
se saio correndo ou fico tranqüilo.

Mas não consegui entender ainda
qual é melhor: se é isto ou aquilo."

Cecília Meirelles

quarta-feira, 6 de outubro de 2010

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Vivendo e Aprendendo


Aprendi que não posso exigir o
amor de ninguém. Posso apenas,
dar boas razões para que gostem
de mim e ter a paciência para que
a vida faça o resto...”
( William Shakespeare )

domingo, 3 de outubro de 2010

Formatando...

Resolvi fazer uma retrospectiva da minha semana, pq não apareci aqui pq tava uma correria só.

Estudei muitoooOO, andava falando sozinha, se não fosse triste seria cômico! Passei a semana numa aflição só por causa dessa prova, e por final ela foi apavorante. Eu estava tão tensa e nervosa que ainda estou sentindo dores no pescoço... e pior essa nota vai demorar pra sair. afffff.

Quanto ao trabalho: essa semana eu mudei o lugar da minha mesa, e aí o pessoal mudou o layout geral... mas foi de livre e espontanea vontade. As vezes acho q eu não fiz um bom negócio pq a mesa fica ao lado da janela e bate reflexo no monitor... mas as vezes eu olho pra fora e então compensa o esforço. Será que vou ficar + míope do q já sou? uahuahuahuhahaha

Em casa, ta tudo do mesmo jeitinho... os véios brigando o tempo todo. Os totós... meus xodós, lindos de morder kkkkkk

Bom... mas esse fim de semana assisti alguns filmes q me remeteram à alguns episódios da semana. Um falava sobre vc ser sincero seja qual for o preço a pagar, o outro sobre como a amizade nos faz crescer e o outro sobre fé e Amor.
Ocorre q num dia desses eu entro lá na copa e vejo uma pessoa q eu estimo muito falando pra outra q tinha deletado o orkut pq algumas pessoas entravam só pra deixar recadinhos do tipo: "Você tá lindaaa"... e ela achava falsidade e chatice por isso ela preferia se poupar deletando... 1ª observação: na hora q ela me viu... pareceu q o assunto morreu. 2ªobservação: eu era uma dessas pessoas, mas eu juro era tudo tão verdadeiro! Eu sempre fui assim boba desse jeito, tudo eu acho lindo, e gosto de dizer. Nunca poupo elogios quando sinto vontade de dizer, adoro tudo e tanta gente, eu vivo vendo colorido em tudo, mesmo no num dia ruim... é meu jeito. Fiquei triste em ver que ela pensava dessa forma... O q eu aprendi com isso? Que ninguém nunca vai amar você só pq você a ama, seja quem for, mesmo uma amiga. Ou ela sente naturalmente amor por vc, ou ela não sente. O q importa é q eu não me privo de gostar das coisas ou das pessoas só pq não é reciproco... Pena q pessoas por aí como aquela minha amiga criem barreiras em torno delas mesmas, neh.
Nessa semana constatei que há muita energia negativa no meu ambiente de trabalho. Ao mudar de mesa, me distanciei de uma pessoa e parece que de certa forma algo mudou, mas só um pouquinho. As vezes me pergunto pq q o 2°lugar onde passamos a maior parte dos nossos dias não é um lugar gostoso de se estar? Deveria ser mais acomodável do q nossa própria casa... pq as pessoas não enchergam isso? afffffffffff
Quanto ao assunto coração: tive constatações. 1ª realmente estou apaixonada por ele. Isso já faz meses e não passa. Continuo sozinha, ele fora de alcance, mas as coisas soam tão conflitantes em minha cabeça... As vezes acho q ele tbém sente algo, mas eu já comentei uma vez com ele, q pulou fora na hora. As vezes acho q eu me confundo, mas penso q se ele complicasse um pouco mais, seria tão mais fácil. Mas essa semana tirei uma dúvida! Pensava q se ficasse sem vê-lo, talvez não pensasse tanto nele. Mas... Puxa! Não vi ele a semana toda, foi quando mais pensei e sonhei com ele!!! Parece feitiço. Nessas horas eu queria ser linda, magra e corajosa... mas nessa semana eu engordei, nem passei perto de ser vaidosa, fiquei q nem louca estudando, comendo feito doida... snif, snif, q vontade de chorar: mais gorda q nunca!
E pra piorar, indignadissima com essa eleição, lá vou eu cumprir com minha obrigação, e dou de cara com uma alma de nível baixissimo, a sem vergonha que fez eu chorar meses de raiva e mágoa, acho que só não fiquei pior... pq ela tbém ta gorda e tinha uma cara envelhecida, semblante fechado, sério e triste, e aí eu acabei ficando foi com dó.

Nossa... acho q lavei a alma literalmente. Escrevi meus desabafos contidos, como num diário. E querem saber? Essa sensação de leveza por falar, digo, escrever, é ótima.

Boa semana a todos nós!!!

terça-feira, 21 de setembro de 2010

O equilibrio que se faz inconstante...

Hoje foi aquele dia em que me senti mais sem graça, queria um buraco.



Cansei de
esperar
o amor me encontrar, das oportunidades chegarem, dos problemas cessarem, da chuva cair, dele me perceber, de sonhar acordada e sentir dor.

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. (G. K. Chesterton)
Tenho visto essa frase no orkut de uma querida amiga e fiquei imaginando o que ela estaria sentindo para eleger "essa" frase... e de repente hoje fui tomada por alguns pensamentos e sentimentos, e olha a dita frase veio do nada na minha cabeça!
Pois é tem aquele "ser" especial que mexe comigo, e por mais improvavel que seja, gosto que ele seja meu sonho! Quando bato olho nele... meu dia clareia e me sinto confortável, encantada... como uma apaixonada. Adoro estar perto dele mesmo que sejam tão poucos minutos no meu dia, e nem é todo dia rs. Hoje percebi ele me olhandooO... glump! um frio me percorreu... mas quer saber? amei! Mal sabe ele q meu passatempo preferido nos ultimos dias têm sido fechar os olhos deixar a fantasia parecer real uhauhauhuhahaha tenho sonhado por demais com ele e isso é o que têm mantido meu sorrisinho de canto de boca nesses dias tão coléricos e enfadonhos.

Meus sonhos estão a flor da pele... muito mais do que minha vã consciência poderia imaginar! E o arrepio que me percorre durante esses momentos mágicos me faz me sentir literalmente no país das maravilhas! Onde a fantasia cria asas que nos levam onde nossos mais intimos sonhos querem estar... Não queria acordar!

Bjos, boa noite.

domingo, 19 de setembro de 2010

Palavras soltas sobre mim...

Como o titulo diz, são apenas palavras soltas sobre mim mesma. Eu deveria saber muito dessa pessoa afinal, ela é minha companhia... mas é engraçado como consigo chegar nesse ponto... e assumir que ultimamente tenho feito tantas coisas, muitas mesmo, e de forma brutalmente idiota tenho me esquecido. Isso mesmo. Como alguém pode esquecer de si mesmo?!? É triste demais ter que admitir que isso é algo comum... pelo menos é o que eu acho. O egoísmo anda ao lado da ignorância do mundo, vivemos tão intensamente as pressões, a rotina, a opinião alheia, as idéias da sociedade que... as vezes chegamos ao extremo: esquecer de nossa essência. Aquilo que somos, que gostamos, que nos interessa, o que nos cativa e o que nos importa realmente, quem nós somos e o que gostaríamos de ser não por ter sucesso e prosperidade... mas por apenas ser, estar bem e se sentir feliz, por ter vontade de agradecer mesmo sem razão especial.

Acho que eu desejo outro emprego. Ganhar dinheiro seria bom pra mim, mas não é o que me move... definitivamente outras coisas me excitam mais, tipo trabalhar com o que eu realmente gosto, ter prazer em trabalhar.
Acho que realmente gosto muito de uma pessoa. Ele é especial... quando eu conheci achei que era caro demais pra mim, depois passei a achar que ele é meu número kkk, hoje ele é meu amigo e eu ainda sinto algo muito mais forte por ele. Mas ele já me deu sinal de que há um limite entre nós dois... intransponível, resumindo: pra mim ele está indisponível. E eu... depois que fiz aquela promessa com Deus, não consegui sentir vontade de beijar ninguém (salvo ele q mexe com meu instinto!) e as vezes sinto medo de me sentir tão a vontade sozinha, temo me acostumar com a solidão... pois acho que ela pode me deixar ainda mais fria e neurótica do que a rotina têm me feito...rs.
AS vezes trabalho, corro, suporto tantas coisas... que quando páro e meu corpo dói... me assusto por ter andado tão de pressa e não ter olhado pra mim. Foi um momento assim que me trouxe aqui e agora, com essas palavras soltas. Tentando resgatar algo de mim dentro de mim mesma. Querendo fazer algo que há muito tempo ninguém quer fazer comigo... me convencer a marcar um encontro! Nesse caso em especial, de mim comigo mesma.

Que essa semana... eu consiga respirar. Não me esquecer. E que os dias sejam bons para todos nós. Amém. Bjos!

segunda-feira, 13 de setembro de 2010

Desajuste natural...


Hoje foi um dia daqueles em que eu desejei por diversas vezes fujir de mim mesma... e no entanto o que mais eu preciso é estar em contato para não me perder de vez!?!

Há coisas que simplesmente não deveriam ser adiadas.

domingo, 12 de setembro de 2010

Procura-se um namorado...


"...Procura-se um namorado.
É preciso que tenha um coração
disponível e transparente,
objetivos definidos,
vontade de comprometer-se,
capacidade de expressar amor,
de forma quase temerária e irreverente.
Pode ser triste ou contente.
Se for triste, que possa fazer de mim o seu contentamento
e, se contente, que saiba insuflar em
mim tal sentimento."
(Fátima Irene Pinto)


Palavras estas que imprimem o que encubro mas é minha maior verdade!
Ótima semana a todos nós =D

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

quarta-feira, 8 de setembro de 2010

Precisando parar...


Isso mesmo! Precisando parar... rs. Me encontrar, disciplinar, retomar, organizar, acalmar, parar para poder conseguir continuar.

terça-feira, 31 de agosto de 2010

Tenho sentido dificuldades onde não deveria sentir... tenho medo do tédio, da rotina esmagadora argh!
O tempo seco tem colaborado para que os dias quentes não venham com aquele ensolarado exclusivo da morada do sol e a alergia teime em ficar...rs.
Embora eu tenha me mantido firme no meu propósito e promessa com Deus, as vezes essa minha carência me incomoda silenciosamente...
Mesmo com falta de tempo, consigo sentir o vazio... interessante mesmo é essa estranha e infinita vontade de preencher!?
óh céus... ainda esperando entender os sinais.



“Entender a vontade de Deus para nós, nem sempre é fácil, mas crer que Ele está no comando e que tem um plano pra nossa vida, faz a caminhada valer a pena.”

terça-feira, 24 de agosto de 2010

Seria o bastante se cada instante fosse sempre!


Trabalhando muitoooOOO
Estudando... tbém!
Saúde? Sem antialérgicos ufa! kkkkk
Coração, namoro e coisa e tal... nas mãos de Deus!
Família tudo de boooOOOm, algumas dorezinhas de cabeça... mas, faz parte!

Vida?????????? Ainda apaixonada por ela =P

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

have patience...

Semana longa, e complicada... sinto a calma, tranquilidade, segurança e a paciência tão longe de mim?!
Tomara que passe logo, e a crise alérgica também.




"Se cada dia cai,
dentro de cada noite,
há um poço
onde a claridade está presa.

Há que sentar-se na beira
do poço da sombra
e pescar luz caída
com paciência."

[Neruda]

terça-feira, 17 de agosto de 2010

Ventos...

Porque os ventos de certa forma, suaves ou intensos... sempre significam movimento continuo, ou seja, mudanças! E que essas, venham... com o tempo, com o vento. Assim como nesse dia gelado e lento.




As vezes ouço passar o vento; e só de ouvir o vento passar, vale a pena ter nascido. (Fernando Pessoa)

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

Medo...

Ooooiiiê, andei desanimada do blog por uns dias... eu achava que ninguém comentava, que nem tava tão interessante assim... então fiquei longe, mas eu não aguento ficar calada por muito tempo uhauhauahuahahaha, então eu voltei! E para expressar um pouquinho desse meu período de silêncio eu escolhi um texto enigmático, espero que gostem... mil beijokas =D



Nosso medo... (Nelson Mandela)
Nosso medo mais profundo não é o de sermos inadequados,
é que somos poderosos... além de qualquer medida.

É a nossa luz, não as nossas trevas,
o que mais nos apavora.

Nós nos perguntamos: Quem sou eu para...
ser brilhante, maravilhoso, talentoso
e fabuloso?!?
Na realidade, quem é você para não ser ?!?
Você é filho do Universo.

Você se fazer de pequeno não ajuda o mundo.
Não há iluminação em se encolher,
para que os outros não se sintam
inseguros quando estão perto de você...

Nascemos para manifestar a glória de Deus
que etá dentro de nós!
Não está em apenas um de nós;
está em todos nós.

E conforme deixamos nossa própria luz brilhar,
inconscientemente damos às outras pessoas
permissão paa fazer o mesmo.

E conforme nos libertamos do nosso medo,
nossa presença, automaticamente, libera os outros.

segunda-feira, 9 de agosto de 2010

Eu sou mesmo exagerada, sempre...

Temos a ilusão de que a vida humana é linear, mas ela é repetitiva - fodidamente repetitiva. [José Sanchis Sinisterra, 69, espanhol, dramaturgo e diretor de teatro]



As vezes fico a pensar... por que corremos tanto nessa vida???? Ela é tão curta... acho que deveríamos nos sentar num sofá bem macio, com uma roupa bem a vontade, de chinelos, cara limpa, corpo relaxado, um sorriso largo nos lábios e... ficarmos bemmm entrosados, tipo amigo íntimo, com a nossa vida.

As vezes tenho a impressão de que ela vai passando depressa e eu num ritmo alucinado vou tentando alcançá-la... quando na verdade eu queria é desfrutá-la, fazendo-lhe companhia =D

Espero que essa sensação passe logo, de preferência... suma!

domingo, 8 de agosto de 2010

Te abraçandoooOOO ... em meu pensamento, te mantenho perto... e o sentimento, vivo.

Doa-se um coração.
Nele, você sente a vida pulsar,
O espaço é amplo,
Macio e quentinho.
Possui vários compartimentos
E abriga todos os sentimentos...
É um coração livre,
desprovido de trancas,
Com as portas sempre abertas
Para não sufocar...

Para ocupar esse espaço
E mantê-lo pulsando,
É preciso
Deixá-lo livre,
Saber Amar,
Compreender,
Desejar,
Observar,
Tocar
E compartilhar
As coisas simples da vida...
Essa doação é feita por tempo ilimitado.
Mas só será seu
Se souber mantê-lo, conservá-lo e amá-lo...

sexta-feira, 6 de agosto de 2010

Conversa íntima =D


Todos nós queremos ser felizes, mas sem sentir buscamos essa felicidade fora de nós mesmos!
Muitos pensam encontrá-la no Amor, porém o egoísmo ou medo de sofrer não os deixa amar de verdade!
Outros no reconhecimento, mas a má vontade é incompatível com a evolução!
Há os que buscam essa felicidade em bens materiais, falsa prosperidade, confundindo ambição com ganância!
Não podemos também confundir Felicidade com Alegria que é importante e está mais próxima das comemorações!
Podemos estar muito alegres num determinado instante comemorando uma vitória e, bem no fundo da Alma, estarmos em conflito conosco e com o mundo, devido a problemas reais ou não!
Felicidade é Paz interior!
Essa Paz tem que ser conquistada aos poucos e sempre: cultivando o amor ao próximo, tendo a consciência sempre tranqüila de que fazemos o melhor, perdoando-nos pelos erros cometidos, agradecendo o que se tem, respeitando o direito e a individualidade de cada ser humano, procurando fazer o outro feliz, confiando sempre um ser superior...
Quem vive a fim de prejudicar ou magoar alguém, seja com atos ou palavras, não pode reclamar que a "sorte" não lhe sorri!
Por que tantos comemoram a tristeza de uns e se entristecem com a vitória de outros?
Não é bem mais fácil cada um cuidar de sua própria vida, buscando essa Felicidade dentro de si mesmos?
Cada um de nós temos potencial para chergar onde quiser...

terça-feira, 3 de agosto de 2010

sábado, 31 de julho de 2010

Eterna Companhia...


Volto,
de modo lento e gradual,
no meio do caos,
no amargo doce
e no açucarado sal,
achando tudo normal
e perdendo o equilíbrio
no que parecia ser igual.
Volto a mim mesmo,
na beira do abismo
ou no fundo da planície,
na ponta dos pés
ou no meio das mãos,
carrego a solidão
como minha eterna companhia,
meu guia
pra me levar pra algum lado,
não ouvir o que está guardado
e não refletir em você
que fui derrotado.
Volto em silêncio,
entre mentiras reveladas
ou esquecidos segredos,
de paixões dissimuladas
ou amores condenados,
com máscaras nobres
ou verdades pobres.
Volto porque ainda acredito
que sou mais que teu abandono.
Sou o sonho que não se apaga,
o amanhã que ninguém ousa
e a realidade que poucos compreendem.

quarta-feira, 28 de julho de 2010

Caminhos diferentes...



Quantas vezes você andava na rua e sentiu um perfume e lembrou de alguém que você não vê há muito tempo?
Quantas vezes você olhou para uma paisagem em uma foto, e não se imaginou lá com alguém que você gosta muito?
Lembra quantas vezes você voltou naquele lugar aonde você começou uma das melhores fases da sua vida? (seja qual for a fase, namoro, amizade,trabalho...).
Você consegue contar nos dedos de uma só mão quantas vezes você brigou com amigos seus porque eles tentaram lhe fazer mudar de idéia e depois você descobriu que eles estavam certos? Alguma vez você foi ajudado a se levantar pela pessoa que você achava que iria ficar mais feliz com sua derrota?
Alguma vez você pensou que estava no fundo do poço e achou uma sementinha de algo bom que você nunca teria encontrado se não tivesse ido tão fundo?
Alguma vez você já se arrependeu de algo que falou dois segundos depois de ter falado?
Quem sabe dizer quantas vezes você já se tornou frio, ou brigou com pessoas que não tinham nada a ver com seus problemas?
Lembrou de algo bom? Depois Se gelou porque aquilo já acabou?
Aquela música que você não gosta de ouvir porque lembra algo que você fez enquanto ela tocava há alguns anos atrás?
Ou lembra alguém que você quer esquecer mas não consegue?
Você já sentiu vontade de chorar só de pensar em coisas que eram boas, mas que na época você não dava valor?
Alguém olhou nos seus olhos e você trancou a respiração mesmo sem sentir? Você já ajudou alguém e depois essa mesma pessoa te deu as costas?
Teve um dia há algum tempo que você acabou ficando com alguém apenas para não ficar sozinho?
Você já chorou porque lembrou de alguém que amava e não pôde dizer isso para essa pessoa?
Você já perdeu alguém que gostava muito?
Para essas perguntas existem muitas respostas...
Mas o importante sobre elas não é a resposta em si... Mas sim o sentimento.
A cada pergunta você lembrou de algo ou de alguém, não foi?
Espero que essa lista o tenha ajudado a entender que todos nós erramos, julgamos mal, amamos. Que todos um dia não tiveram coragem e hoje se arrependem,que todos já fizeram uma coisa quando o coração mandava fazer outra...



Então qual a moral disso tudo? Vá à luta! Não continue pensando em suas fraquezas e erros daqui por diante faça um acordo consigo mesmo... E lute!
Não abaixe a cabeça! Vá em frente!!! Tenha fé em si mesmo e principalmente em Deus. Faça tudo que puder para ser feliz hoje! E sempre!!! Não deite com mágoas no coração.

AMIGOS E AMORES DE VERDADE NÃO SE SEPARAM ... APENAS SEGUEM CAMINHOS DIFERENTES POR ALGUM TEMPO...

sexta-feira, 23 de julho de 2010

De que modo vou abrir a janela, se não for doida?


Estou no começo do meu desespero
e só vejo dois caminhos:
ou viro doida ou santa.
Eu que rejeito e exprobo
o que não for natural como sangue e veias
descubro que estou chorando todo dia,
os cabelos entristecidos,
a pele assaltada de indecisão.
Quando ele vier, porque é certo que ele vem,
de que modo vou chegar ao balcão sem juventude?
A lua, os gerânios e ele serão os mesmos
- só a mulher entre as coisas envelhece.
De que modo vou abrir a janela, se não for doida?
Como a fecharei, se não for santa?

Adélia Prado

domingo, 18 de julho de 2010

Nós NUNCA estamos preparados para a perda...

Indiscutivelmente não estamos preparados para o sentimento da perda.
Perder, seja em que sentido for, nunca trará uma situação confortável para qualquer ser humano que tenha dentro do peito um coração pulsando forte.
O sentimento de incapacidade e do que virá pela frente, acomoda-se e fica martelando em nossa mente durante o pior momento que passamos na vida; o da perda!

Meu cachorrinho o preto, está com nefrite problema sério nos rins... levei ele pra tomar soro e medicação na veia... o veterinário não me disse se era fatal ou não, mas como meu bebê não está reagindo...hoje completa-se oito (8) dias em que ele não come, não evacua, e nem água bebe direito, só na seringa, passou a urinar com os soros mas ainda é muito pouco, ele sente muita fraqueza... parece não estar reagindo a nada... e estou em prantos. Peço forças... pq tá difícil ter fé vendo ele assim.



Os cães não são tudo na nossa vida, mas fazem da nossa vida tudo.

sexta-feira, 16 de julho de 2010

SUMIR... QUERIA!


Tenho passado dias difíceis... muito trabalho, zero reconhecimento, meu cachorrinho(o preto) doente é de cortar meu coração :( e o S2 ainda fechado pra balanço, mas louco por um amor impossível :( as vezes me pergunto: por que comigo? por que é tudo tão difícil pra mim? por que eu sou tão sonhadora e complicada? Afff... queria ser tão mais simples, tão mais conformada, tão mais zen e tão mais agradecida. E eu nem sei pq quis colocar justamente essa frase, me parece meio que eu dando um tapa na minha própria cara :/ affff... q coisa!

"A gente sempre destroi aquilo que mais ama. Em campo aberto, ou numa emboscada; alguns com a leveza do carinho outros com a dureza das palavras; O covardes destroem com um beijo, Os valentes, destroem com a espada." (Paulo Coelho,livro: As Valkirias)

terça-feira, 13 de julho de 2010

Mude!!! Mudança é a lei da Vida.

"Mude, mas comece devagar. Por que a direção é mais importante que a velocidade. Sente-se em outra cadeira. Depois mude de mesa. Não faça do hábito um estilo de vida. Ame a novidade. Corrija a postura! Coma um pouco menos. Busque novos amigos. Seja criativo. Experimente coisas novas. O mais importante é a mudança, o movimento, o dinamismo, a energia. Só o que está morto não muda!"

Edson Marques, mente inteligente e grande coração.

quarta-feira, 7 de julho de 2010

Ignorância em duplicidade!

Estava eu a pensar sobre a Copa... Eu gosto de futebol, não adoro, apenas gosto. Em tempos de copa confesso, sou torcedora intensa, mas o que me fez refletir hoje foi o fato de que estou ouvindo em todo lugar, todo mundo, metendo o pau no futebol brasileiro, crucificando o Dunga, e rejeitando tudo que represente a bandeira e as cores do Brasil. Isso é muito triste... até dias atrás as pessoas estufavam o peito para gritar e se matavam ao som estridente de vuvuzelas, e agora ficam aí nesse porre! Não tem cabimento as pessoas se revoltarem com o próprio país e seus representantes no futebol só por que perdemos um jogo e saímos fora... tá vc pode me dizer: mas é a COPA!!!! E eu vou te dizer não estou dizendo que não deveríamos ficar tristes... mas, que esse inconformismo egoísta e essas atitudes ignorantes que tanto se vê nas pessoas... é demais, isso é. Na minha opinião jogo é jogo, a partir do momento que vc entra, pode ganhar ou perder... por isso se chama jogo!?! Talvez mesmo se o Dunga tivesse feito uma outra escalação, ainda assim, poderíamos ter perdido... e desde o primeiro jogo. E o que mais me dói diante desse sentimento brasileiro tão ignorante, de todos esses insultos que eu infelizmente tenho ouvido... o pior, foi ver na TV os argentinos receberem seus jogadores com festas e honras, enquanto os nossos jogadores necessitavam de guardas e mais seguranças para não serem escurraçados... que miséria espiritual!!! Lamento pelo povo brasileiro, não por perder a taça mas por perder a graça. O ser humano por si só já é egoísta e têm tendências a ser ignorante por conta disso... mas o que estou ouvindo, vendo e presenciando nos ultimos dias é "ignorância em duplicidade"... 1° por ser humano egoísta e 2 ° por ser brasileiro revoltado. Quero deixar claro que não estou defendendo o lado de ninguém... afinal, eu sou uma dentre muitos que ainda lamentam a derrota, e confesso: chorei no dia do jogo que nos deixou fora da final. Mas, não posso deixar de expor minha perplexidade diante de atitudes tão deprimentes.

Fica aqui meu desabafo! E quero dizer que eu sou brasileira com muito orgulho e muito amor! Ainda me concentro e me emociono ao cantar o hino e ver a bandeira (que na minha opinião é a mais linda de todas)... e agradeço todos os dias à Deus por eu ser brasileira.


Abração!

terça-feira, 6 de julho de 2010

Minha janela da alma...


Pessoas amigas e queridas, ultimamente minha mente tem se aflorado tanto diante das palavras que resolvi desdobrar minhas borboletras em uma nova janela da alma... e escolhi um nome, embora longo, que fizesse todo sentido pra mim. Espero que visitem e apreciem! Segue abaixo o link. Mil beijos!

http://relicariodomeuinfinitoparticular.blogspot.com/

segunda-feira, 5 de julho de 2010

Por que eu quero gritar NÃOOOO

Muitas vezes, nós relis mortais encontramos os mais diversos motivos para ficar pra baixo, para desanimar, sentimos aquele nó na garganta aquela louca vontade de gritar... sair correndo, ou chorar até cansar, ou ainda sumir! Eu, particularmente estou sentindo tudo isso só não sei se nessa ordem.
É horrível se sentir assim... não querendo ser dramática mas já sendo acho que um trapo de pano no chão deve estar com mais ânimo que eu, pq olha... tô só o cisco.

Mas.... como toda boa samaritana vou fazer a minha própria corrente do NÃO aos mais diversos sentimentos! Lá vai:

NÃO ao sentimento de autopiedade
NÃO ao sentimento de revolta
NÃO ao sentimento de rejeição
NÃO ao sentimento de culpa
NÃO ao sentimento de desânimo
NÃO ao sentimento de indiferença
NÃO ao sentimento de autobloqueio
NÃO ao sentimento de baixoastral
NÃO ao sentimento de desesperança
NÃO ao sentimento de tristeza


Chega!!! Eu quero é mais é ser feliz. E quem quiser, sigam-me os bons!

domingo, 4 de julho de 2010

Aprendemos...


Que não sabemos quase nada...
E que sempre iremos aprender...
Que a vida é muito curta...
E que não temos tempo a perder...
Percebemos...
Que nem tudo é possível...
Que às vezes é difícil sorrir...
Que a vida faz jogo duro...
Mas que não podemos desistir... nunca.
Entendemos..
Que quando sofremos, aprendemos..
Que a dor nos ensina a viver...
Que a vida é um lindo caminho...
Ao qual iremos crescer...
Descobrimos..
Que não é fácil viver...
Que o destino nos reserva a dor...
Mas que a tristeza termina...
Onde começa o amor!

Tenham uma ótima semana, cheia de paz, saúde e alegrias.

quinta-feira, 1 de julho de 2010

Sobre a minha Espera...

Hoje seria mais um dia normal e sem graça, se... eu não tivesse meu coração a disparar só de pensar!

Me apeteceu que ocorreu alguns sinais, e aí fiquei a mirá-los dentro do meu mundo particular: a essencial MENTE!

1° foi um trecho do livro que estou lendo nas férias...
Depois da mais longa noite surgirá o mais belo amanhecer. Espere-o

2° uma conversa alheia que trouxe aleatoriamente a frase:
O que é para ser seu por vontade Divina (Deus), não conseguirá ser de mais ninguém.

3° uma amiga disse sem pensar muito, talvez até por brincadeira... mas me soou sábias palavras!
Ah, se for paixão... dura um ano. Depois passa.

Pois é... palavras, apenas palavras... mas me remeteram a uma longa reflexão! Afinal, nada é por acaso. Então, se a paixão dura aproximadamente um ano, se talvez o meu 'ser apaixonante'(objeto de toda minha abstração) for mesmo partir (o que tudo indica...), e se a espera e o tempo nos traz o que realmente é pra ser... ah! então vou sair viva de tudo isso! E... estarei a viver corajosamente a minha "espera". Afinal, só DEUS, somente ELE sabe do que sou capaz de suportar e de esperar...! ELE sabe o quanto eu esperei, esperaria e ainda lhe espero.



"... uma vida inteira de espera, há espera em uma vida inteira!" (por mim mesma)

quarta-feira, 30 de junho de 2010

tÔ prEcisAndoooOOO...

Reset Interno...




Minha alma tem o peso da luz.
Tem o peso da música.
Tem o peso da palavra nunca dita, prestes quem sabe a ser dita.
Tem o peso de uma lembrança.
Tem o peso de uma saudade.
Tem o peso de um olhar.
Pesa como pesa uma ausência. E a lágrima que não se chorou.
Tem o imaterial peso da solidão no meio de outros.”
(Clarice Lispector)

segunda-feira, 28 de junho de 2010

Se as folhas caem é por que as flores estão chegando...

Onde podemos encontrar esperança quando estamos confusos, buscando sentido na vida?
Queria poder descrever aquela respirada, aquela que vem do fundo da alma, oxigenando-a branquinha, aliviada...
Mas eu não sei.

No dicionário “esperança” significa: 1.confiança em conseguir o que se deseja 2. o que se espera ou deseja .
Esperança é uma crença emocional na possibilidade de resultados positivos relacionados com eventos e circunstâncias da vida pessoal. A esperança requer uma certa perseverança — i.e., acreditar que algo é possível mesmo quando há indicações do contrário.


Não importa as tristezas que você teve na vida, nem muito menos as decepções que já sofreu. Tudo isso deve servir como convicções de que dias melhores virão e também como um alerta para que os mesmos erros não sejam cometidos. Evoluir sempre buscando o caminho da felicidade e do amor incondicional.
Viver no passado não te impulsiona para o presente e idealizar o futuro não te traz o conhecimento necessário para sobreviver. O hoje é o que importa. O agora é o que transforma você num ser especial, pleno e diferenciado.
Continuar apesar de tudo! Apesar das ilusões e desilusões, das mentiras e trapaças, das hipocrisias e falsidades, das amizades perdidas e dos amores bandidos. Erguer a cabeça, limpar do coração os rancores e seguir em frente com a alma limpa e as esperanças renovadas.

Não adianta remoer o passado e ficar se martirizando por coisas que já passaram. O verbo já foi conjugado, ficou para trás junto com as experiências negativas. Guarde todas essas lembranças numa gaveta. Compre armários novos para o seu coração. Faça uma faxina geral e tudo que não presta jogue fora!
Para que ficar guardando tralha? Sei que a onda ecológica pede para reciclar tudo, mas nesse caso, certas coisas não devem ser recicladas. Um vaso quando quebra não adianta colar os caquinhos. As rachaduras irão aparecer estragando sua nova decoração.
Jogue fora! Compre um vaso novo. Mesmo que seja de um antiquário. Pelo menos ele vai ser novo para você!

Modifique a vibração de sua energia. Não espere que os outros façam isso por você. A renovação depende unicamente e exclusivamente de você. Não coloque essa responsabilidade nas mãos de terceiros. Eles são apenas coadjuvantes no teatro da sua vida.
Aprender a driblar as adversidades não é uma escolha, mas sim uma obrigação primordial para quem quer ser feliz e cumprir sua parte neste planeta. Os erros nada mais são que pequenos ajustes nas arestas.

Não sinta vergonha por ter sido ou estar enganado. Você pode começar tudo de novo e de uma maneira ainda melhor. Não chore pelos fracassos ou por alguém que te abandonou. Com certeza isso lhe servirá de lição, te dando forças para construir perspectivas melhores.

Deixe as ofensas de lado. Tenha certeza que a lei do retorno é infalível e você não precisa fazer absolutamente nada. Nenhum movimento também é um movimento. Mas acima de tudo, viva a vida com emoção porque é através de suas lágrimas (seja de alegria ou tristeza) que a sua história vai ser contada.
Continuar a caminhar sempre, apesar de tudo!




A esperança adquire-se. Chega-se à esperança através da verdade, pagando o preço de repetidos esforços e de uma longa paciência. ...
O tempo de esperança precisa ser contínuo!

quinta-feira, 24 de junho de 2010

Sobre liberdade, amor e paz. Ah... e sinais!



Hoje, me sinto mais aliviada... em liberdade! Deixei de ser prisioneira dos sentimentos que carrego no S2, para enfim, ser amiga e entender mais de perto esse sentimento tão gostoso. Que... a paz nos invada!
"Invoca-me, e te responderei. Anunciar-te-ei cousas grandes e ocultas, que não sabes". (Jeremias 33 versículo 3)


A liberdade e a nova dimensão do Amor...
No momento em que você sente que não depende mais de ninguém, uma profunda serenidade e silêncio caem sobre você, uma tranquila entrega.

Isso não significa que você pare de amar. Pelo contrário, pela primeira vez você conhece uma nova qualidade, uma nova dimensão do amor, um amor que não é mais biológico, que está mais próximo da amabilidade do que qualquer relacionamento.

Osho, em "Amor, Liberdade e Solitude: Uma Nova Visão Sobre os Relacionamentos"
Trechos extraído do blog "palavras de Osho", com todo respeito -

quarta-feira, 23 de junho de 2010

Sandy E Junior - Tudo Pra Você

TEM COISA PIOR QUE LEVAR UM FORA?


Pois eu afirmo que não, talvez empate com uma traição… mas, mesmo assim afirmo que não, não tem nada pior que um fora. Ainda mais quando se trata de um fora sem ter experimentado os lábios daquele cara incrível, romântico, educado, lindo, inteligente e muito, muito amigo. Sendo assim, não tem como não se apaixonar, concordam? Um cara assim, te faz crer que é o teu príncipe encantado. Tudo nele te encanta. Tudo parece perfeito… mágico… E você acredita ter encontrado sua alma gêmea! Em meio a longos suspiros pensa nele… sonha com ele… deseja estar com ele. E as conversas então... São papos interessantes... parece que ele sabe exatamente o que você gosta o que você quer ouvir. Tudo isso com ar tímido, um sorriso encantador, uma gargalhada contagiante. E você? Cada vez mais apaixonada, começa bem sutilmente a deixar transparecer seus sentimentos, através de um e-mail, um torpedo, uma ligação… Na esperança de receber um sinal, algo que te faça perceber se ele está sentindo o mesmo, entende? (continua)
Mas ele vai se tornando ainda mais atraente, se fazendo de desentendido, faz de conta que não percebeu seus sentimentos… mas continua incrível. E você então começa a ser mais objetiva e ele então, você sente, começa a meio que evitar alguns assuntos… E você começa a perceber que ele (ou até mesmo você) está mesmo fugindo deste sentimento intenso, profundo e arrebatador, ao ponto de evitar ficar a sós com você. Mas, cheia de sonhos e de esperança, em um rompante de paixão ardente, você finalmente abre o seu coração e revela seus sentimentos, porque não suporta mais tanto amor dentro do peito, que chega a te sufocar, É preciso colocar pra fora sem nunca imaginar que levaria um fora, afinal vocês se conhecem e conversam tão bem… e você tem certeza que não foi por acaso que o destino “o” colocou em seu caminho, e a troca de olhares, os elogios persistentes… tudo indica que aí está nascendo um eterno romance e você até já conclui o layout desta paixão. Fatídico engano. Ele inicia, depois de te ouvir atentamente, te tratando com aquele mesmo carinho de sempre… mas, no final dá a sentença… não é o meu momento para iniciar uma relação… ou pior diz: já tenho alguém... perdoe-me por não demonstrar isso, perdoe-me pelo meu jeito, mas, você está enganada não há nenhuma possibilidade para nós. Meu Deus! Sabe quando o mundo cai sobre a sua cabeça? Pois é exatamente esta uma das sensações. Sim, porque em fração de segundos passam na sua mente as mais terríveis indagações. Do tipo: Puxa vida, como posso ter me enganado tanto, o que há de errado em mim? O que vou fazer agora? Não tenho mais cara nem pra continuar uma amizade… que vergonha. Então, como não se abriu um buraco em sua frente pra você se enfiar nele…o que resta a fazer é sair de fininho…morrendo de raiva de você…porque na verdade você queria que tal iniciativa partisse dele…e além de tomar a frente leva um baita fora. Indignada e sem entender direito o que o levou a dizer não, você leva dias, meses, pensando no fato ocorrido, mas não sente raiva dele, mas sim de você mesma, com a sensação de ter feito tudo errado, de ter criado uma situação desconfortável para ambos. Mas enfim, você aprende que nem sempre o momento certo é aquele que imaginamos, nem sempre uma grande amizade transforma-se em amor, nem sempre estamos preparados quando pensamos que estamos, e o melhor de tudo é que você aprende que nem sempre um fora significa o FIM. Pode estar apenas começando uma grande história de amor! Porque este sim, se resistir conquistará. Note bem, eu falei resistir e não insistir. Há uma grande diferença entre ambos, pois dar tempo ao tempo, sempre! Tornar-se inconveniente, nunca.
Texto escrito por Rita de Queluz, no blog Garotas Nadavazias – com algumas mínimas alterações para aproximar-se ainda mais da minha própria história Real

Não… não é engraçado. Quem nunca levou um fora?! Fora é igual a chifre: se você nunca tomou um, um dia você vai levar. O fora é o resultado do que nada mais que uma incompatibilidade de sentimentos. Segundo o dicionário, levar o fora é: ser grossei ramente recusado em pretensão. Entretanto não importa o que significa levar o fora, mas sim tudo que ele representa quando temos pretensão de sentimento.
Às vezes estamos tão encantados quanto uma criança... em frente a uma loja de brin quedos, admirando todo aquele colorido e pronta para entrar naquele mundo de ilu sões, fantasias e vivenciar toda aquela mistura de cores, sensações e sentimentos que aqueles brinquedos são capazes de proporcionar. Sentimos-nos esperançosos como uma criança, querendo apenas uma oportunidade, mas o mundo desaba quando recebemos o: NÃO. Ultimamente, andei pensando no poder que essa palavra tem em transformar nossas vidas. O medo do Não é inevitável, seja num relacionamento, seja em qualquer área da vida. O Não é indiscutível e indesejável.
O pior Não é aquele que vem acompanhado com a certeza de possibilidade. Hum?! Como assim?! Quando você encontra uma pessoa ou algo que se encaixa quase que numa simetria perfeita com você, a ponto de você dizer: só as pessoas erradas e as coisas erradas que aparecem. Sabe aquela pessoa que é tudo que você sonhou, ou aquele trabalho que você tem certeza que faria melhor do que ninguém!? Contudo você não os consegue. Acaba então gerando frustração que gera dor, que gera depressão, que gera desilusão. O pior de todos os sentimentos.

terça-feira, 22 de junho de 2010

Saudade grande...



Hoje me bateu uma saudade gigantesca de uma amiga mais que especial! E essa música é em sua homenagem... pq eu me lembro de nós duas cantarmos inúmeras vezes uhauahauhauhua
Irmãzona sinto sua falta na hora de dormir pq não tenho pra quem contar meus foras do dia kkkkkkk e cantar sublimes com direito a caras e bocas! Uhahuahauhauhauha

Beijo me liga!

segunda-feira, 21 de junho de 2010

domingo, 20 de junho de 2010

"Quem odeia ama ainda mais, quem ama odeia por isto: Porque ama."


Apenas palavras, apenas olhares, apenas lembranças...

Não gosto de sua presença, é fácil perceber... Ela me perturba,
fujo de você como quem foge de algo extremamente nocivo.
É duro dizer, mas olhando para as minhas cicartrizes, eu me lembro dos sentimentos e sinto-os. Então o meu medo vem à tona me aterrorizando.

Eu odeio seu jeito de sorrir, odeio seu jeito carinhoso de olhar e mais ainda a estupidez dócil de suas palavras.
Odeio enxergar algo especial em você , quando ninguém mais vê isso. Odeio ter que conviver.
Odeio pensar no ato involuntário em alguém assim, e mais ainda ODEIO sempre ter que dizer seu nome e confundir tudo outra vez.
Odeio ter que assumir depois de tudo, que algo aqui ainda me faz balançar quando vejo seu rosto.

sábado, 19 de junho de 2010

E tudo o que eu queria era entender o que eu não entendo!




Por que eu nada sei dessa Vida...

E tudo o que eu queria era entender o que eu não entendo!

Por que hoje a minha certeza, é que tudo é incerteza!




E agora tenho que dizer
Que a verdade...

E arrancar do peito essa saudade
Acordar pra realidade!

Não posso seguir o horizonte nessa ilusão
No espaço vazio dessa minha paixão...

Caminhar sozinha perdida!