segunda-feira, 31 de maio de 2010

Além dos sonhos…

Que bom seria!

Sentir seu cheiro no meu...

O que leva uma pessoa sonhar tão alto?
Será a realidade utópica da coisa…
Será a sensação que é imensamente prazerosa…
Será porque alguns segundinhos você sente nas nuvens literalmente…
Será porque é uma das poucas coisas que qualquer pessoa pode fazer… sem custo nenhum…
Será qualquer uma dessas questões acima ou outra não citada aqui…
Mas a realidade da coisa é mesmo surreal… você ultrapassa as barreiras, que até para acabar é difícil…
Acontece algumas vezes… os sonhos se tornarem realidade… mas não viva por isso…
Viva por viver… porque ama tudo a sua volta…
Coisas assim são simples… não tão simples de aceitar…
Não é fácil tomar uma decisão, mas no caminho que se chama “vida”, os atalhos somos nós que escolhemos…
Eu particularmente queria… mas será só meu, o sonho?


Beijos… de uma pessoa fora do eixo…

domingo, 30 de maio de 2010

Elogio ao Amor...

Bom, hoje em minhas andanças pela net encontrei algo que não saiu da minha cabeça! Fiquei pensando, esmiuçando paragrafo por paragrafo... e então resolvi postá-lo no meu cantinho também! No começo eu achei meio melancólico, mas confesso que no mínimo é intrigante, por isso a minha homenagem ao " Elogio ao Amor".





Quero fazer o elogio ao amor puro. Parece-me que já ninguém se apaixona de verdade. Já ninguém quer viver um amor impossível, já ninguém aceita amar sem uma razão.
Hoje, as pessoas apaixonam-se por uma questão de prática. Porque dá jeito. Porque são colegas e estão ali mesmo ao lado. Porque se dão bem e não se chateiam muito. Porque faz sentido. Porque é mais barato, por causa da casa. Por causa da cama. Por causa das cuecas e das calcas e das contas da lavandaria.
Hoje em dia as pessoas fazem contratos pré-nupciais, discutem tudo de antemão, fazem planos e à mínima merdinha entram logo em "diálogo".
O amor passou a ser passível de ser combinado.
Os amantes tornaram-se sócios. Reunem-se, discutem problemas, tomam decisões.
O amor transformou-se numa variante psico-socio-bio-ecológica de camaradagem.
A paixão, que devia ser desmedida, é na medida do possível.
O amor tornou-se numa questão pratica. O resultado é que as pessoas, em vez de se apaixonarem de verdade ficam "praticamente" apaixonadas.
Eu quero fazer o elogio do amor puro, do amor cego, do amor estúpido, do amor doente, do único amor verdadeiro que há. Estou farto de conversas, estou farto de compreensões, farto de conveniências de serviço.
Nunca vi namorados tão embrutecidos, tão cobardes e tão comodistas como os de hoje. Incapazes de um gesto largo, de correr um risco, de um rasgo de ousadia, são uma raça de telefoneiros e capangas de cantina, malta do "está tudo bem, tudo bem?” Tomadores de bicas, alcançadores de compromissos, bananoides, borra-botas, matadores de romantismo, romanticidas. Já ninguém se apaixona?
Já ninguém aceita a paixão pura, a saudade sem fim, a tristeza, o desequilíbrio, o medo, o custo do amor, a doença que é como um cancro a comer-nos o coração e que nos cante no peito ao mesmo tempo? O amor é uma coisa, a vida é outra. O amor não é para ser uma ajudinha. Não é para ser o alívio, o repouso, o intervalo, a pancadinha nas costas, a pausa que refresca, o pronto-socorro da tortuosa estrada da vida, o nosso "dá lá um jeitinho sentimental". Odeio esta mania contemporânea por sopas e descanso. Odeio os novos casalinhos. Para onde quer que se olhe, já não se vê romance, gritaria, maluquice, facada, abraço, flores. O amor fechou a loja. Foi trespassado ao pessoal da pantufa e da serenidade. Amor é amor. É essa a beleza. É esse o perigo. O nosso amor não é para nos compreender, não é para nos ajudar, não é para nos fazer felizes. Tanto pode como não pode. Tanto faz. É uma questão de azar. O nosso amor não é para nos amar, para nos levar de repente ao céu, a tempo ainda de apanhar um bocadinho de inferno aberto.
O amor é uma coisa, a vida é outra. A vida às vezes mata o amor. A "vidinha" é uma convivência assassina. O amor puro é um meio, não é um fim, não é um princípio, não é um destino. O amor puro e uma condição. O amor não se percebe. Não dá para perceber. O amor é um estado de quem sente. O amor é a nossa alma. É a nossa alma a desatar. A desatar e a correr atrás do que não sabe, não apanha, não larga, não compreende. O amor é uma verdade. É por isso que a ilusão é necessária. A ilusão é bonita, não faz mal. Que se invente e minta e sonhe o que se quiser. O amor é uma coisa, a vida é outra. A realidade pode matar, o amor é mais bonito que a vida. A vida que se lixe. Num momento, num olhar, o coração apanha-se para sempre. Ama-se alguém. Por muito longe, por muito difícil, por muito desesperadamente. O coração guarda o que se nos escapa das mãos. E durante o dia e durante a vida, quando não está lá quem se ama, não é ela que nos acompanha – é o nosso amor, o amor que se lhe tem.
Não é para perceber.
É sinal de amor puro não se perceber, amar e não se ter, querer e não guardar a esperança, doer sem ficar magoado, viver sozinho, triste, mas mais acompanhado do que quem vive feliz. Não se pode ceder. Não se pode resistir. A vida é uma coisa, o amor é outra. A vida dura a vida inteira, o amor não. Um mundo de amor pode durar a vida inteira. E valê-la também.”

Miguel Esteves Cardoso in Expresso

sábado, 29 de maio de 2010

Me atrevendo a fazer poesia!

Me descobrindo...

Do lugar onde estou,
Posso ver mil borboletas.
Céu azul, flores e perfumes...
Tudo num lindo carrossel.

Humildemente eu sempre, sou.
Às vezes surgem vãs tristezas...
Mas a felicidade é de costume.
Será que por isso sou isabel?




Porque me deram tal nome?
Nunca procurei saber,
Mas sinto que o amor consome
Com toda e qualquer
Dúvida que me aparecer.

Fazer poesias num lugar lindo,
Com tantas crianças sorrindo
É mais que um prazer
Seria obrigação, talvez dever.
Falar de coisas boas,
E deitar na grama de rir à toa.



Aqui cá me adentrei,
E tu não sabes o que encontrei.
Uma menina-mulher,
Com sonhos fantásticos e
Muita imaginação...
Tudo que escrevi foram de sua criação.

Com olhos comuns,
Ela vê além, e muito mais.
Constrói em seus sonhos,
O paraíso, o mar e o cais.



Ela faz sonhos, como escreve...
Espécies de poesias.
Ela sonha, como se estivesse,
Realizando fantasias.
E num imenso lugar
Cria anjos e músicas,
E ensina a dança da vida,
A quem quer aprender...
Basta fechar os olhos e imaginar.

Se você fosse essa menina,
Aprenderia a amar
Para viver sonhando.
Lá onde ela se enamora,
Chove purpurina.
Não há quem não chora
Ao imaginar tal menina,
E o lugar onde (vive) mora...

De amor ela sobrevive,
De sonhos ela faz
O seu céu de estrelas.
Crie sua menina! Saiba amar...
E irás com ela sonhar.

quinta-feira, 27 de maio de 2010

CANSADA... E SÓ.



Cansada de não valer nada
Cansada dos outros
Cansada de cobranças
Cansada de ganhar pouco
Cansada de trabalhar muito e +
Cansada de não ter colo
Cansada de ficar sem beijar
Cansada de todo tipo de papel
Cansada de pegar ônibus
Cansada da rotina alucinada
Cansada de injustiças, até as alheias
Cansada de mim
Cansada do tudo e do nada
Cansada da loucura descompensada da vida...

rsrs...!

terça-feira, 25 de maio de 2010

Por que eu sou assim... e ponto.


”Não me julgue... Não me levante a mão... Não tente me imitar. Não sou perfeita, nem tenho pretensão de ser. Tenho em mim quase todas as qualidades do mundo, assim como quase todos os defeitos também, mas quer saber? Sou muito feliz assim.”

Por que eu sou assim e ponto.

”Não me julgue... Não me levante a mão... Não tente me imitar. Não sou perfeita, nem tenho pretensão de ser. Tenho em mim quase todas as qualidades do mundo, assim como quase todos os defeitos também, mas quer saber? Sou muito feliz assim.”

Levante!

" Sempre recusei fatalismos. Prefiro a rebeldia que me confirma como gente e que jamais deixou de provar que o ser humano é maior do que os mecanismos que o minimizam." Paulo Freire ...




Mas antes de qualquer revolução, ou após qualquer revolução viva o "levante".
O "levante" representa uma possibilidade muito interessante, do ponto de vista de uma psicologia de libertação, do que as "bem-sucedidas" revoluções burguesas, comunista, facistas etc.

Encantamento...!


"Todo amor de verdade guarda um silêncio.
Nele não são precisos alardes e nem ruídos.
Não cabem rumores e nem juízes.
Pertence à suas entregas e cumplicidades.
É. Sem que seja preciso qualquer propagação.
E cresce ali, em suas reservas, em seus segredos.
Esconde um sossego bom, como um parêntese, que guarda a palavra mais bonita.
É suficiente a quem o sabe, porque amor de verdade reserva aos seus o encantamento..."

segunda-feira, 24 de maio de 2010


Acostumar-se a uma situação, mesmo que dolorosa, acaba trazendo algum tipo de conforto.
Abandonar o sofrimento e fazer as transformações necessárias, seja no trabalho, em casa ou no casamento, exige coragem e apoio dos outros.
E, mais do que tudo, fé de que a mudança será benéfica.
Por que demoramos tanto a mudar?
Esquecemos que uma nova porta não pode se abrir se não fecharmos a anterior.
O importante é ter certeza de que sempre vai surgir uma nova oportunidade, a porta vai se abrir, sem dúvida.
A dor da antiga experiência está tentando nos impulsionar para novos desafios.
Podemos lidar com essa transformação.
Jamais recebemos algo que não podemos suportar.
Nada pode nos preparar para as inúmeras ramificações de uma mudança.
Mas a confiança nos amigos e a fé em Deus nos farão vencer qualquer dificuldade.
"Vá em busca do seu sonho.
Se tropeçar, não pare nem perca de vista sua meta.
Continue subindo.
Pois só do alto podemos apreciar toda a paisagem."

sábado, 22 de maio de 2010

Sensação forte...



Esta noite sonhei que amava muito alguém,
Como sempre sonhei ser amada...
Amava muito e era recíproco..., mas quem?

Queria continuar a sonhar... quando acordada!

Aonde estará você?

sexta-feira, 21 de maio de 2010

Viva com paixão!



Saia de casa só pelo gosto de caminhar.
Sorria para todos.
Faça um álbum de família.
Conte estrelas.
Telefone para seus amigos.
Diga ''gosto muito de você''!
Converse com Deus.
Volte a ser criança, Pule corda.
Apague de vez a palavra ''rancor''.
Diga ''sim''.
Dê uma boa risada!
Leia um livro.
Peça ajuda.
Corra.
Cumpra uma promessa. Cante uma canção.
Lembre o aniversário de seus amigos.
Ajude alguém doente.
Pule para se divertir.
Mude de penteado.
Seja disponível para escutar
Deixe seu pensamento viajar.
Retribua um favor.
Termine aquele projeto.
Quebre uma rotina.
Tome um banho de espuma,
Escreva uma lista de coisas que lhe dão prazer.
Faça uma gentileza.
Escute os grilos.
Agradeça a Deus pelo Sol.
Aceite um elogio. Perdoe-se.
Deixe que alguém cuide de você.
Demonstre que está feliz.
Faça alguma coisa que sempre desejou.
Toque a ponta dos pés.
Olhe com atenção uma flor.
Só por hoje evite dizer ''não posso''.
Cante no chuveiro.
Viva intensamente cada minuto de vida.
Inicie uma tradição familiar.
Faça um piquenique no quintal.
Não se preocupe.
Tenha coragem das pequenas coisas.
Ajude um vizinho idoso.
Afague uma criança.
Reveja fotos antigas.
Escute um amigo.
Feche os olhos e imagine as ondas do mar.
Brinque com seu mascote.
Permita-se brilhar.
Dê uma palmadinha nas suas proprias costas.
Torça pelo seu time.
Pinte um quadro.
Cumprimente um novo vizinho.
Mude alguma coisa.
Delegue tarefas.
Diga ''bem vindo!'' a quem chegou.
Permita que alguém o ajude.
A-gra-de-ça!
Saiba que não está só.
Decida-se a viver com ''paixão'',
sem ela, nada de grande consegue.
Tenha um ótimo fim de semana, cheio de paixão, paz, saude e alegrias
Abraços

quarta-feira, 19 de maio de 2010

Impactante!

Nossaaaaaaa, gente aqui tá muito friooo! Meus pés parecem picolés rs... affffffff. Nem parece a morada do sol rs.




Impactante! Não consegui pensar em outro adjetivo para o filme que assisti hoje.

Até onde você iria? Quais dores suportaria? Pelo que lutaria? O que faz sentido pra você? E o que realmente significa a vida para você? O que você valoriza realmente? Você tem a certeza que enxerga? Pois é... ainda estou pensando e tentando assimilar todas as lições que aquele filme imprime. No momento, estou sem muitas palavras, acho que esqueci de dar corda no meu relógio... aquele em que eu olho para saber a quantas anda minha vida. Estou me revendo! Quero enxergar. E vocês?




Voltarei nesse assunto assim que fizer digestão ^^

terça-feira, 18 de maio de 2010

Que falta me faz... o tempo!

O meu dia precisaria ter 24 horas extras... Pq eu sinto uma falta absurda de tempo pra fazer tudo o que eu gostaria e teria que fazer. As vezes fico querendo me dedicar mais ao blog "meu mundo fantástico", mas... enfim, vou falar rapidinho pq estou na correria (rsrs...) ADOROOOOOOO quando me visitam! E tenho recebido visitas especiais, de pessoas encantadoras. Aliás, venho sendo surprendida positivamente pelos comentários!
Please, continuem!!!
E quero dizer:

Muitas vezes ter uma pessoa dentro de si, significa muito mais do que ter uma ao seu lado

segunda-feira, 17 de maio de 2010

Por enquanto... e sempre!!!



Enquanto eu tiver perguntas e não houver respostas... continuarei a escrever...

Clarice Lispector

Marillion - Beautiful Live

Totalmente perplexa...mas sem nada a dizer.

Beautiful
music: Marillion
lyrics: Steve Hogarth & John Helmer

Everybody knows we live in a world
Where we give bad names to beautiful things
Everybody knows we live in a world
Where we don’t give beautiful things a second glance
Heaven only knows we live in a world
Where what we call beautiful is just something on sale
People laughing behind their hands
While the fragile and sensitive are given no chance

And the leaves turn from red to brown
To be trodden down, to be trodden down
And the leaves turn from red to brown
Fall to the ground, fall to the ground

We don’t have to live in a world
Where we give bad names to beautiful things
We should live in a beautiful world
We should give beautiful a second chance

And the leaves fall from red to brown
To be trodden down, to be trodden down
And the leaves turn green to red to brown
Fall to the ground and get kicked around

(Are you) strong enough to be…
Have you the faith to be…
(Are you) sad enough to be…
Honest enough to stay…

Don’t have to be the same…
Don’t have to be this way
C’mon and sign your name
(Are) you wild enough to remain beautiful?
Beautiful, beautiful, beautiful.

And the leaves turn from red to brown
To be trodden down, trodden down
And we all fall green to red to brown
Fall to the ground
We can turn it around

(Are you) strong enough to be…
Why don’t you stand up and say…
Give yourself a break
They’ll laugh at you anyway
So why don’t you stand up and be
Beautiful, beautiful!

Black, white, red, gold, and brown (whatever!)
We’re stuck in this world
Nowhere to go
Turn it around
What are you so afraid of?
Show us what you’re made of
Be yourself and be beautiful
Beautiful

Tradução:
Todos sabemos que vivemos num mundo
Que dá nomes feios a coisas belas
Todos sabemos que vivemos num mundo
Onde não damos a coisas belas um segundo olhar
Deus sabe que vivemos em um mundo
Onde o que chamamos de belo é o que está à venda
Pessoas escondem o sorriso com a mão
Enquanto o frágil e sensível não têm vez

E as folhas passam de vermelhas a marrons
Para serem pisoteadas, para serem pisoteadas
E as folhas passam de vermelhas a marrons
Caem ao chão, caem ao chão

Não temos de viver em um mundo
Que dá nomes feios a coisas belas
Deveríamos viver em um mundo belo
Deveríamos dar ao belo uma segunda chance

E as folhas passam de vermelhas a marrons
Para serem pisoteadas, para serem pisoteadas
E as folhas passam de verdes a vermelhas, a marrons
Caem ao chão e são chutadas em qualquer direção

Você é forte o suficiente para ser…
Tem fé suficiente para ser…
É triste o suficiente para ser…
Honesto o suficiente para permanecer…

Não precisa ser mais do mesmo…
Não precisa ser assim
Vamos, assine embaixo
Você é selvagem o suficiente para permanecer belo?
Belo, belo, belo…

E as folhas passam de vermelhas a marrons
Para serem pisoteadas, para serem pisoteadas
E todos nós passamos de verdes a vermelhos a marrons
Caimos ao chão,
Nós podemos mudar isso

Você é forte o suficiente para ser…
Porque não se levanta e diz…
Pegue leve com você
Eles vão rir de você de qualquer jeito
Então porque você não se levanta e seja
Belo! Belo!

Negro, branco, vermelho, dourado ou marrom
Estamos presos a este mundo
Nenhum outro lugar para ir
Vamos mudar
De que você tem medo?
Mostre-nos do que é feito
Seja você mesmo e seja Belo
Belo

domingo, 16 de maio de 2010

Andar na linha...

Andar na linha é agir corretamente, não cometer deslizes, manter a postura.
E é o que me cabe no momento!

Retomar o foco! Andei submersa no fim de semana...
Preciso tentar fechar a boca e comer menos (bem menos!);
Preciso me organizar melhor e buscar uma estratégia para não me estressar tanto;
Preciso também me dedicar mais na academia e além de mandar a indisposição embora, eliminar os extras que me incomodam tanto;
Aiaiaiai... tem tantas coisas que preciso fazer em linha reta!?!

Andar na linha é agir corretamente, não cometer deslizes, manter a postura.
E é o que me cabe no momento!




"Faça um pedido e o guarde no coração.
Qualquer coisa que você quiser.
Tudo que você quiser.
Você o fez?
Ótimo.
Agora acredite que ele vai se realizar.
Você não sabe de onde vai surgir o próximo milagre,
o próximo sorriso, o próximo desejo realizado.
Mas se você acreditar que está logo ali...
E abrir a mente e o coração para a chance de acontecer...
Para a certeza de acontecer...
Você pode conseguir aquilo que pediu.
O mundo está cheio de magia.
Você só precisa acreditar nela.
Então, faça o seu pedido.
Você o fez?
Ótimo.
Agora acredite nele.
Com todo seu coração".

One Tree Hill




Às vezes, o jeito é viver um dia de cada vez e se deixar encantar pelas pequenas maravilhas do cotidiano... Às vezes, o jeito é desejar coisas boas e torcer para que seus desejos sejam captados por algum anjinho perdido... Às vezes, o jeito é esperar e ver o que acontece de bom!

Bom, de qualquer forma... que seja boa para todos nós essa semana novinha em folha!

Bjinhos

sexta-feira, 14 de maio de 2010

Perdida dentro da própria vida...

É assim que me sinto! Como o título desse post

Espero que seja só efeitos colaterais de TPM. Mas, a questão é que se não bastasse a falta de tempo pra mim mesma, esses últimos dias não tenho tido paciência para as chateações do trabalho e pior, tô tão chata que nem eu mesma estou me suportando. Hoje ao voltar pra casa, vim pensando... e parei numa triste constatação. Os meus dias andam me escapando, o tempo voa a todo vapor, tudo segue seu curso... e eu? Minha vida têm sido corpo e mente ocupados, mas, o coração... vazio e apreensivo.




"A alma distraída é facilmente enganada." (Sinais)


Fica aqui meu real e constante sentimento: o que devo fazer?

domingo, 9 de maio de 2010

Uma etapa passou...


Oi gente, pois é estou estudando muito. Vivendo num ritmo alucinado entre livros e papéis e afff serviço. Masss, hoje passei por uma etapa! Que venham as próximas ^^

Fui prestar a prova de um concurso hoje lá em Ribeirão Preto... a parte ruim foi passar o dia das mães longe da minha briguenta hihihi que eu amo muito ^^ e a parte péssima foi que a prova foi mil vezes mais difícil do que eu esperava :( Mas, como tudo tem sua parcela boa... lá tinha muitos gatinhos e gatões uahuahuahuaha e a cidade, puxa, show! Queria morar por lá... =/ Eu nem queria voltar pra esse meu mundinho araraquarense. Masssssss, agora eu preciso ir... pois amanhã é dia de pegar no pesado de novo ;)

Beijinhos

segunda-feira, 3 de maio de 2010

O rio


Quem dera eu ser como o rio!

ser como o rio que deflui
silencioso dentro da noite
não temer as trevas da noite
se há estrelas nos céus, refletí-las

E se nos céus se pejam de nuvens
como o rio as nuvens são águas
refletí-las também sem mágoa
nas profundidades tranquilas

(Petropólis, 1948 - Manoel Bandeira)

Versinhos...

A ROSEIRA QUANDO NASCE
TOMA CONTA DO JARDIM.
EU TAMBÉM ANDO BUSCANDO
QUEM TOME CONTA DE MIM...


QUEM QUER SER MAIS DO QUE É,
FICA PIOR DO QUE ESTÁ.


MISTÉRIO DE AMOR (JOSÉ PAULO PAES)
É O BEIJA-FLOR QUE BEIJA A FLOR
OU É A FLOR QUE BEIJA O BEIJA-FLOR?...


QUEM GOSTA, VOLTA.
QUEM PLANTA, COLHE.
ROUPA SUJA SE LAVA EM CASA.
TUDO NO MUNDO TEM FIM.

domingo, 2 de maio de 2010

71....


Ontem foi niver do meu velhinho uhaahuahuahua, minha mamis fez um bolinho a pedido dele, e não poderia faltar uma fotinha ^^
Tá mesmo com os cabelinhos ficando branquinhos.
Cantamos parabéns... ele pareciauma criança de felicidade! Como é gostoso ainda tê-los (pais) por perto. Eles são minha vida, tudo que tenho nesta vida ;)