quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Viver... pode ser surpreendente!

Pois é... como o titulo do post diz, é surpreendente viver. Vc nunca sabe o que vai encontrar pelo caminho, mas é sempre gratificante caminhar...!!!

Hoje fiquei contente pela proximidade de uma pessoa. Adorei almoçar com uma amiga. Trabalhei muito, mas em paz. Na faculdade... com os ânimos alterados por conta do TCC eu me alterei um pouquinho, mas eu sempre acho o desabafo espontâneo a melhor opção!?! No caminho de volta pra casa... encontrei uma pessoa que há muitos anos atrás eu tive oportunidade de dar uma chance de trabalho. Ele era aquela pessoa com potencial, mesmo que tímido e não tão transparente, eu confiei no meu sentido e o ajudei... e puts! hoje ao vê-lo na mesma empresa (ainda) e tendo tido promoções de funções, me orgulhei. Fiquei imensamente feliz por ele!!! Primeiro pelo carinho que eu tenho para com ele, segundo por ele ser uma pessoa humilde e batalhador, ele merecia mesmo! Puxa... sabe aquela alegria de vc ver alguém feliz e prósperando? Puts! Que sentimento mais gostosooo =D as pessoas deveriam experimentar essa sensação com frequência... quem sabe estaríamos mais próximos da verdadeira humanidade!?

Alegre por ver alguém feliz... é um presente que dinheiro nenhum no mundo pode comprar!

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Palavras para mim...!

Como eu sou uma criatura cabeça-dura em alguns momentos e sobre alguns assuntos, este post é dedicado ao meu lado que quer se abrir e aprender, aquele lado que quer ter a chance que o outro empaca, se é que alguém consiga entender meus pensamentos, o meu lado burro tem me impedido de fazer coisas e o lado inteligente quer salvar o pouco que resta... abri meu e-mail e dei de cara com essas palavras, na boa... era o tapa na cara que faltava.

Não se esconda mais, nem viva na ilusão, o mundo pede atitudes diante de cada situação. A vida cobra respostas, e se esconder, é deixar o seu barco seguir sem rumo, é entregar a direção dos seus sonhos, é esperar pelo que não vai acontecer... Não se deixe levar pela aparência do problema, nem se espante com o tamanho da decisão a ser tomada, dê a sua opinião firme e forte, não se intimide não se esconda atrás do medo, revele-se. Não permita que os outros escolham por você, não se deixem levar pelas chantagens emocionais, as emoções são bumerangues que vão e voltam, só o que fica é o peso das suas escolhas. Hoje o dia está radiante, com chuva ou com sol, é mais uma oportunidade de viver a alegria, ainda que com poucos recursos, ainda sem aquele sonho realizado por completo, ainda em meio aos problemas diários, mas, cheio da certeza de dias melhores, cheio de esperanças e conquistas. A vida é um convite para ser feliz! Todo o dia, em todos os momentos Deus se revela nos detalhes, nas sutilezas, e convida cada um a seguir o seu caminho, onde brilha a compreensão, a fé e o amor. Siga-o!

Porque tem medo de se entregar às emoções? Por isso controla tudo o que está à sua volta e vai criando muros e mais muros para se proteger daquilo que por vezes até pode ser muito bom. Isso te soa bem familiar? Não tenha medo de descobrir ou aprofundar emoções, e perder o controle da situação que por vezes, é tão libertador. Felicidade é saber aproveitar todos os momentos como se fossem os últimos. (Lea Waider)




Depois de tudo... reflito e chego a conclusão que ainda existem muitas emoções a serem experimentadas, vividas, degustadas, arriscadas e sentidas.
Beijos. Boa semana à todos nós.

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Estou feliz pq mais um ser faz parte da família! Pois é nasceu essa semana mais um sobrinho, o Bruno. Todos alegres com a chegada dele.

Bom, passei 3 dias dentro de casa! Afff como cansa, mesmo q passe tão rápido! Eu juro eu até tentei sair ontem de casa... mas ganhei um cano. Enfim, quase mofei dentro de casa. Sem ter muitas coisas a fazer, gastei um pouco do meu tempo assistindo filmes e na net... Algumas pessoas sempre surpreendem a gente naquele orkut! É tão complicado esse lance de vc ter uma página virtual e querer ter privacidade ou que ninguém chegue perto, pior ainda é vc dizer que é amigo por cordialidade e no fundo no fundo... a verdade é outra. Lamento por algumas pessoas. Mas, eu como estou de fora disso e tranquilis... fico surpresa apenas. Quanto aos filmes, puxa! só filme bonito, sabe daqueles de tão lindo ter vontade de chorar?! E chorar... pô! Quanto choreiii. E também refleti sobre um monte de coisas.
Uma delas é que a "família" já não é mais tão forte como antes, até pq hoje em dia as pessoas tem o medo de amar. Grande verdade que as vezes me sinto inclusa nessa maioria, e isso é tbém lamentável. Cadê o Amor entre os sers humanos meu Deus???




"O caminho da vida pode ser o da liberdade e da beleza, porém nos extraviamos.

A cobiça envenou a alma dos homens... levantou no mundo as muralhas do ódios... e tem-nos feito marchar a passo de ganso para a miséria e morticínios.

Criamos a época da velocidade, mas nos sentimos enclausurados dentro dela. A máquina, que produz abundância, tem-nos deixado em penúria.

Nossos conhecimentos fizeram-nos céticos; nossa inteligência, empedernidos e cruéis. Pensamos em demasia e sentimos bem pouco.

Mais do que de máquinas, precisamos de humanidade. Mais do que de inteligência, precisamos de afeição e doçura. Sem essas virtudes, a vida será de violência e tudo será perdido."

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Lorotas da minha vida...rs.


Bom... é fato que fiquei distante por um tempo. Na verdade, por estar sem tempo. Pq estar aqui (mesmo sabendo que recebo pouquissimas visitas) é uma terapia! Vou fazer uma retrospectiva dos últimos momentos vividos... hehehe. Assim até eu reflita melhor sobre eles.

Tive momentos sugadores de energia na faculdade. Mas tive a clareza de saber que vale cada gota de esforço! Afinal, estou cursando o que eu sempre quis. Nenhum estágio, tcc, e mil e umas coisas mais me desanimam... pq não estou fazendo uma faculdade, estou realizando um antigo sonho!!!

No trabalho, acho que tenho andado muito desanimada. Talvez seja cansaço ou mero tédio pela mesmice cotidiana, mas talvez seja a falta de organização e má administração pública que me irrita... ou ainda seja a ausência total de perspectivas futuras. É tão triste vc se dedicar todos os dias pra um lugar ou pra pessoas que nunca sentirão sua falta ou que nunca te darão oportunidades... Mas, nesse meio tempo isso me fez acordar! Estava me tornando explosiva demais e resolvi procurar ajuda, acertei logo de cara, investi num médico fora de série e hoje trato com homeopatia a minha ansiedade, meus desequilibrios emocionais. Com certeza eu já senti grande diferença! Mas estou sim sendo disciplinada com o medicamento (que mais parece docinho uhauhauha). Ainda falando nisso, confesso que o que mais me surpreendeu é que eu consegui melhorar meus ataques de nervosismo sem perder minha personalidade, aquela geniosidade continua presente... mas está cada dia mais branda! Feliz por essa superação.

Tenho ouvido muito Jorge e Mateus, e cada dia fico mais apaixonada pela energia deles. Ouço as mesmas músicas dia e noite... e não canso. Parece que funciona como injeção de ânimo e nem ligo que algumas letras são consideradas "pra baixo" eu só vejo musicalidade e apesar deles serem lindos de morreeer, o que me prende a eles é a personalidade que eles emprestam ao ritmo, são particularidades tão íntimas que eles expressam na dupla que me impressiona. Não tem como não dizer que sou fã. Amo noite e dia!

No quesito coração, a história muda um pouco... Depois de uma brutal realidade, passei dois anos sozinha até que encontrei um certo rapaz que me fez acreditar em contos de fadas. Mas, a verdade nua e crua da realidade como ela é... me mostrou o quão imaturo ele era, mais uma vez um fiasco amoroso. Depois dele... até agora não me relacionei mais. Até porque eu tinha feito uma promessa sérissima com Deus a respeito disso, mas, acontece que o coração da gente parece criança birrenta... rs. Andei me apaixonando, e já falei dele algumas vezes nesse blog, a questão é que ele é aquele sonho lindo que nos dá a sensação de ser alto demais... aí vc quer manter os pés no chão pra não se machucar, pra não correr o risco de bater com a cara no chão e ter que admitir que nada passou de uma ilusão... pois é, ele me provoca e é sempre, não sei se faz isso sem querer ou por querer, mas a verdade é que em mim jorra uma paixão exagerada por essa pessoa e isso me assusta. Eu não o tenho, mas morro de medo do dia em que ele realmente for embora, quando eu não mais tiver aquele olhar, aquele sorriso... o que vai ser de mim???
Em meio a esse turbilhão de sentimentos, me vi forçada a agir rápido para tirar o foco total em cima do que ele despertava (e ainda desperta) em mim. Havia uma pessoa nova no meu dia-a-dia, e que serenamente foi me conquistando, chamando minha atenção... decidi que pensaria mais nele! Tão inocentemente eu me joguei na beira do precipicio!?! Quando eu poderia imaginar que acabaria com os dois sendo "o foco"?!? O primeiro eu apelidei de chuchu (pq ele é um chuchuzinho, e nada a ver aquela expressão que chuchu não tem gosto! Ele têm todos os gostos e cheiros do melhor uahauhhahaha) e o segundo de anjo (por causa do nome)... enfim, pra tentar esquecer o chuchu me meti numa enrascada por causa do anjo, e no final acabei com os dois na cabeça! Estou mais confusa do que nunca!!!!! São sentimentos distintos... mas tão latentes! Meu coração está um trapo... coitado! Mas quem mandou ser tão birrento. Não custava ser um pouco mais resistente? Ou não? Aiaiaiaiai será que estou pirando? só poooode.

Nessas duas últimas semanas... descobri que tenho gosto em ser boa amiga, irmã, filha, tia, colega, aluna e até funcionária. Mas... mais que tudo, embora não correspondida, gosto de saber que quando eles estão sozinhos lá só com eles... eu passo pelo pensamento deles. Coisa de louca, mas é exatamente assim que eu gosto de viver! Sem muitas medidas, regras ou conceitos. Gosto de ser inexplicável.
Gosto do que me tira o fôlego. Venero o improvável. Almejo o quase impossível. Meu coração é livre, mesmo amando tanto. Tenho um par de asas que nunca deixo. Às vezes, quando é tarde da noite, eu viajo. E - sem saber - busco respostas que não encontro aqui. Bonito mesmo é essa coisa da vida: um dia, quando menos se espera, a gente se supera. E chega mais perto de ser quem - na verdade - a gente é.

E foi assim, e se for pra ser será...

terça-feira, 9 de novembro de 2010

Selinho




Selinho recebido de uma querida amiga, Sheila: http://antesqeumeesqueca.blogspot.com/
Obrigada!!!

Eis as regras inclusas no selo:

- Exibir a imagem do Selo no Blog
- Exibir o link do blog que você recebeu a indicação
- Escolher 05, 10, 15 ou 30 blogs para dar a indicação e avisá-los.


http://silvinhahba.blogspot.com/
http://giordanaazzi.blogspot.com/
http://anagiovanna.blogspot.com/
http://arquivandoospensamentos.blogspot.com/
http://cinthiamalhacao.blogspot.com/

quinta-feira, 4 de novembro de 2010

SINAIS DE AMOR

Quando a gente quer mudar

Sinais de Amor

14 Bis
Composição: Sérgio Vasconcellos/Cláudio Venturini/Lô Borges

Hoje é dia de encontrar o amor
Faça acontecer
Você sabe tudo vai mudar
No seu coração
Vai buscar naquela estrela
A sua luz
Você sabe muito bem

Quando a gente quer mudar amor
Faz acontecer
Não espera o dia clarear
Faz amanhecer
O amor está mandando
Os seus sinais
Você sabe muito bem

Quem vem mudar
Chegou pra te acompanhar
Sinais de amor
É tudo que a gente quer
Viver é bom
Viver sem medo de errar
E a vida passa em um segundo

Hoje é dia de encontrar a paz
No seu coração
Navegando no imenso mar
Do que somos nós
Vai buscar naquela estrela
A sua luz
Você sabe muito bem

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Pq o mundo não pára!


Mesmo quando tudo pede um pouco mais de calma Até quando o corpo pede um pouco mais de alma A vida não para Enquanto o tempo acelera e pede pressa Eu me recuso faço hora vou na valsa A vida é tão rara Enquanto todo mundo espera a cura do mal E a loucura finge que isso tudo é normal Eu finjo ter paciência O mundo vai girando cada vez mais veloz A gente espera do mundo e o mundo espera de nósUm pouco mais de paciência Será que é o tempo que lhe falta pra perceber Será que temos esse tempo pra perder E quem quer saber A vida é tão rara (Tão rara) Mesmo quando tudo pede um pouco mais de calma Até quando o corpo pede um pouco mais de alma Eu sei, a vida não para (a vida não para não) Será que é tempo que me falta pra perceber Será que temos esse tempo pra perder E quem quer saber A vida é tão rara (tão rara) Mesmo quando tudo pede um pouco mais de calma Até quando o corpo pede um pouco mais de alma Eu sei, a vida não para (a vida não para não...) (Lenine - Paciência)