terça-feira, 31 de agosto de 2010

Tenho sentido dificuldades onde não deveria sentir... tenho medo do tédio, da rotina esmagadora argh!
O tempo seco tem colaborado para que os dias quentes não venham com aquele ensolarado exclusivo da morada do sol e a alergia teime em ficar...rs.
Embora eu tenha me mantido firme no meu propósito e promessa com Deus, as vezes essa minha carência me incomoda silenciosamente...
Mesmo com falta de tempo, consigo sentir o vazio... interessante mesmo é essa estranha e infinita vontade de preencher!?
óh céus... ainda esperando entender os sinais.



“Entender a vontade de Deus para nós, nem sempre é fácil, mas crer que Ele está no comando e que tem um plano pra nossa vida, faz a caminhada valer a pena.”

terça-feira, 24 de agosto de 2010

Seria o bastante se cada instante fosse sempre!


Trabalhando muitoooOOO
Estudando... tbém!
Saúde? Sem antialérgicos ufa! kkkkk
Coração, namoro e coisa e tal... nas mãos de Deus!
Família tudo de boooOOOm, algumas dorezinhas de cabeça... mas, faz parte!

Vida?????????? Ainda apaixonada por ela =P

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

have patience...

Semana longa, e complicada... sinto a calma, tranquilidade, segurança e a paciência tão longe de mim?!
Tomara que passe logo, e a crise alérgica também.




"Se cada dia cai,
dentro de cada noite,
há um poço
onde a claridade está presa.

Há que sentar-se na beira
do poço da sombra
e pescar luz caída
com paciência."

[Neruda]

terça-feira, 17 de agosto de 2010

Ventos...

Porque os ventos de certa forma, suaves ou intensos... sempre significam movimento continuo, ou seja, mudanças! E que essas, venham... com o tempo, com o vento. Assim como nesse dia gelado e lento.




As vezes ouço passar o vento; e só de ouvir o vento passar, vale a pena ter nascido. (Fernando Pessoa)

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

Medo...

Ooooiiiê, andei desanimada do blog por uns dias... eu achava que ninguém comentava, que nem tava tão interessante assim... então fiquei longe, mas eu não aguento ficar calada por muito tempo uhauhauahuahahaha, então eu voltei! E para expressar um pouquinho desse meu período de silêncio eu escolhi um texto enigmático, espero que gostem... mil beijokas =D



Nosso medo... (Nelson Mandela)
Nosso medo mais profundo não é o de sermos inadequados,
é que somos poderosos... além de qualquer medida.

É a nossa luz, não as nossas trevas,
o que mais nos apavora.

Nós nos perguntamos: Quem sou eu para...
ser brilhante, maravilhoso, talentoso
e fabuloso?!?
Na realidade, quem é você para não ser ?!?
Você é filho do Universo.

Você se fazer de pequeno não ajuda o mundo.
Não há iluminação em se encolher,
para que os outros não se sintam
inseguros quando estão perto de você...

Nascemos para manifestar a glória de Deus
que etá dentro de nós!
Não está em apenas um de nós;
está em todos nós.

E conforme deixamos nossa própria luz brilhar,
inconscientemente damos às outras pessoas
permissão paa fazer o mesmo.

E conforme nos libertamos do nosso medo,
nossa presença, automaticamente, libera os outros.

segunda-feira, 9 de agosto de 2010

Eu sou mesmo exagerada, sempre...

Temos a ilusão de que a vida humana é linear, mas ela é repetitiva - fodidamente repetitiva. [José Sanchis Sinisterra, 69, espanhol, dramaturgo e diretor de teatro]



As vezes fico a pensar... por que corremos tanto nessa vida???? Ela é tão curta... acho que deveríamos nos sentar num sofá bem macio, com uma roupa bem a vontade, de chinelos, cara limpa, corpo relaxado, um sorriso largo nos lábios e... ficarmos bemmm entrosados, tipo amigo íntimo, com a nossa vida.

As vezes tenho a impressão de que ela vai passando depressa e eu num ritmo alucinado vou tentando alcançá-la... quando na verdade eu queria é desfrutá-la, fazendo-lhe companhia =D

Espero que essa sensação passe logo, de preferência... suma!

domingo, 8 de agosto de 2010

Te abraçandoooOOO ... em meu pensamento, te mantenho perto... e o sentimento, vivo.

Doa-se um coração.
Nele, você sente a vida pulsar,
O espaço é amplo,
Macio e quentinho.
Possui vários compartimentos
E abriga todos os sentimentos...
É um coração livre,
desprovido de trancas,
Com as portas sempre abertas
Para não sufocar...

Para ocupar esse espaço
E mantê-lo pulsando,
É preciso
Deixá-lo livre,
Saber Amar,
Compreender,
Desejar,
Observar,
Tocar
E compartilhar
As coisas simples da vida...
Essa doação é feita por tempo ilimitado.
Mas só será seu
Se souber mantê-lo, conservá-lo e amá-lo...

sexta-feira, 6 de agosto de 2010

Conversa íntima =D


Todos nós queremos ser felizes, mas sem sentir buscamos essa felicidade fora de nós mesmos!
Muitos pensam encontrá-la no Amor, porém o egoísmo ou medo de sofrer não os deixa amar de verdade!
Outros no reconhecimento, mas a má vontade é incompatível com a evolução!
Há os que buscam essa felicidade em bens materiais, falsa prosperidade, confundindo ambição com ganância!
Não podemos também confundir Felicidade com Alegria que é importante e está mais próxima das comemorações!
Podemos estar muito alegres num determinado instante comemorando uma vitória e, bem no fundo da Alma, estarmos em conflito conosco e com o mundo, devido a problemas reais ou não!
Felicidade é Paz interior!
Essa Paz tem que ser conquistada aos poucos e sempre: cultivando o amor ao próximo, tendo a consciência sempre tranqüila de que fazemos o melhor, perdoando-nos pelos erros cometidos, agradecendo o que se tem, respeitando o direito e a individualidade de cada ser humano, procurando fazer o outro feliz, confiando sempre um ser superior...
Quem vive a fim de prejudicar ou magoar alguém, seja com atos ou palavras, não pode reclamar que a "sorte" não lhe sorri!
Por que tantos comemoram a tristeza de uns e se entristecem com a vitória de outros?
Não é bem mais fácil cada um cuidar de sua própria vida, buscando essa Felicidade dentro de si mesmos?
Cada um de nós temos potencial para chergar onde quiser...

terça-feira, 3 de agosto de 2010